Publicidade

Estado de Minas

Uniformes de agentes de zoonoses podem ter sido furtados de posto de saúde de BH

Centro de Saúde Noraldino de Lima, no Bairro Nova Suiça, na Região Oeste da capital mineira, foi arrombado na madrugada desta quarta-feira. Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) fez alerta para moradores verificarem se conhecem os agentes antes de deixarem entrar nas casas


postado em 05/09/2018 11:24 / atualizado em 05/09/2018 11:35

Duas salas do posto de saúde foram parcialmente interditadas. Local funciona normalmente nesta quarta-feira(foto: Reprodução / Google Street View)
Duas salas do posto de saúde foram parcialmente interditadas. Local funciona normalmente nesta quarta-feira (foto: Reprodução / Google Street View)

O furto de materiais em uma unidade de saúde de Belo Horizonte serve de alerta para a população. Criminosos invadiram o Centro de Saúde Noraldino de Lima, no Bairro Nova Suiça, na Região Oeste da capital mineira, na madrugada desta quarta-feira, e levaram alguns materiais. Há suspeita de que uniformes de equipes de zoonoses foram roubados. Ninguém foi preso. A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) orienta que os moradores identifiquem os agentes antes de liberar a entrada nas residências. Apesar da ocorrência,  o local está funcionando normalmente, somente duas salas foram interditadas.

O crime foi flagrado por funcionários quando chegaram para trabalhar na manhã desta quarta-feira na unidade, localizada na Avenida Amazonas. Segundo informações iniciais da Polícia Militar (PM), há suspeita que os uniformes dos agentes foram levados, além de um botijão de gás. O boletim de ocorrência ainda está sendo finalizado pelos policiais, por isso a corporação não passou mais detalhes sobre o caso.

Por meio de nota, a SMSA informou que os criminosos tiveram acesso a duas salas no primeiro pavimento. Ainda não há confirmação se os uniformes foram levados. O levantamento do material furtado será feito depois que a Polícia Civil fizer a perícia na unidade de saúde. Um consultório e a sala da equipe de zoonoses estão parcialmente interditadas. A Guarda Municipal e a Polícia Militar fizeram patrulhamento na região, mas ninguém foi preso.

Mesmo sem a confirmação do roubo dos uniformes, a SMSA fez um alerta para os moradores. “Os agentes são pessoas vinculadas à região onde realizam a fiscalização, sendo conhecidos pelos moradores. Antes de liberar a entrada do agente, a população deve ficar atenta para esses cuidados. Se ainda assim houver dúvidas, o morador pode entrar em contato pelo telefone 156 e solicitar o telefone do seu centro de saúde de referência, sendo possível confirmar a lotação do agente junto à gerência de Zoonoses”, afirmou. A pasta lembrou que há uma programação para as visitas. Além do uniforme, é obrigatório os agentes utilizarem crachá de identificação, que contém informações da regional onde o servidor está lotado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade