Publicidade

Estado de Minas

Incêndio atinge casa e três pessoas morrem em Carandaí

O fogo se alastrou rapidamente. Duas vítimas morreram intoxicadas devido a inalação de fumaça, e outra foi carbonizada. As causas do fogo ainda estão sendo apuradas


postado em 29/08/2018 13:43 / atualizado em 29/08/2018 13:52

Militares tiveram dificuldade de combater o fogo devido a entulhos (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Militares tiveram dificuldade de combater o fogo devido a entulhos (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A Polícia Civil vai investigar as causas de um incêndio que matou três pessoas na manhã desta quarta-feira em Carandaí, na Região Central de Minas Gerais, e chocou o município. As chamas atingiram uma casa localizada no Bairro Santa Cecília. Militares do Corpo de Bombeiros de Conselheiro Lafaiete conseguiram conter o fogo, mas encontraram as vítimas já sem vida.

A ocorrência aconteceu por volta das 9h. De acordo com o Corpo de Bombeiros, quando os militares chegaram ao local, foram informados por testemunhas e policiais militares que uma idosa ainda se encontrava dentro da residência, que já estava tomada pelo fogo. Os bombeiros conseguiram entrar e iniciaram o trabalho para apagar o fogo e para procurar a vítima. Entulhos e roupas que estavam espalhados pela casa, dificultaram as buscas.

Os militares utilizaram 8 mil litros de água para extinguir o fogo. A Prefeitura de Carandaí apoiou os trabalhos cedendo um caminhão-pipa, que fez a transferência da água para os veículos do Corpo de Bombeiros.

Durante os trabalhos, segundo o Corpo de Bombeiros, um dos cômodos, localizado na parte dos fundos da casa, desabou. O local estava fechado. Lá, os militares encontraram duas pessoas que acabaram intoxicadas pela inalação da fumaça. Elas já não apresentavam sinais vitais. Durante o trabalho de rescaldo, também encontraram outro corpo carbonizado.  As vítimas foram identificadas como Amélia de Melo, de 77 anos, e dois filhos dela,  Maria Aparecida de Melo, de 58, e Eustáquio de Melo, de 60,

As causas do incêndio ainda são desconhecidas. A perícia da Polícia Civil foi acionada para investigar como as chamas se iniciaram. A Defesa Civil da cidade também foi acionada para verificar se houve danos na estrutura do imóvel e de casas vizinhas.

As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade