Publicidade

Estado de Minas

Motorista de aplicativo é feito refém em roubo e assaltantes acabam baleados em BH

O condutor atendeu uma corrida no Barreiro, mas foi rendido e levado até Betim, onde foi liberado. Na fuga, os criminosos bateram em uma viatura da PM, apontaram uma arma para os policiais e acabaram sendo baleados


postado em 17/08/2018 14:50 / atualizado em 17/08/2018 15:00

(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)

Motoristas de aplicativo continuam na mira dos criminosos. Nesta sexta-feira, mais um condutor acabou sendo vítima de assalto. O crime aconteceu entre a noite de quinta-feira e o início da madrugada. O homem, de 49 anos, atendeu uma corrida que foi solicitada por uma mulher. Porém, quando chegou no local, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, dois jovens entraram no carro. Durante o trajeto indicado, acabou sendo feito refém e ficou sob a mira de uma arma de fogo. Ele acabou liberado em Betim, na Grande BH. Os assaltantes fugiram, mas acabaram cercados pela Polícia Militar (PM). Segundo o boletim de ocorrência, eles tentaram atropelar os policiais e se envolveram em uma batida. Em seguida, apontaram uma arma para os militares, que atiraram contra o automóvel. Os dois acabaram baleados e presos.

O drama vivido pelo motorista começou por volta das 22h. O homem contou que é motorista de aplicativo e que recebeu uma solicitação de corrida de uma pessoa do sexo feminino no Bairro Lindeia. Ao chegar no local, segundo relatou aos militares, um indivíduo fez sinal de parada. Em seguida, entrou no banco traseiro, enquanto outro na parte dianteira.

Logo em seguida, um dos ocupantes mostrou uma arma ao motorista e anunciou o assalto. O criminoso pediu que a vítima conduzisse o Voyage prata até o Bairro Citrolândia, em Betim. Quando chegou na cidade vizinha, o comparsa desceu do automóvel e, com outro revólver em mãos, obrigou o condutor a descer. Antes, retirou a carteira e o documento dele. Em seguida, assumiu a direção e fugiu em alta velocidade em direção a BR-381.

A vítima conseguiu contato com uma viatura que fazia patrulhamento no local e passou as características do veículo e dos criminosos. Os militares iniciaram o rastreamento e um cerco e bloqueio na região. Também foi divulgado via rede de rádio da PM, os dados do levantamento inicial.

Uma viatura ficou estacionada na Rua Vinhedos, no Bairro Itaipu, na Região do Barreiro, no lado contrário de um outro carro. Como giroflex ligado, os militares fariam abordagens estratégicas no local. Porém, durante a ação, o Voyage prata apareceu em alta velocidade e foi em direção a eles. Segundo a PM, os policiais entraram rapidamente na viatura e fecharam as portas para não serem atingidos.

Neste momento, ainda de acordo com a PM, os criminosos tentaram passar entre a viatura e o outro veículo estacionado na via, mas não conseguiram e ficaram presos entre os dois automóveis. Segundo consta no boletim de ocorrência, os ocupantes apontaram, através da janela do motorista, uma arma em direção aos militares, que atiraram contra eles. Os dois assaltantes acabaram baleados. Eles foram socorridos e encaminhados para um hospital de Ibirité. Em seguida, foram transferidos para o Hospital Municipal de Contagem.

Os dois foram detidos. Entre eles está um adolescente de 15 anos. Segundo a PM, ele já tem outros registros de crime análogo a homicídio, tráfico de drogas, e porte ilegal de armas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade