Publicidade

Estado de Minas

Morre sargento vítima de acidente na BR-251, no Norte de Minas

Rafael Pedro Santana, de 25 anos, estava internado em Montes Claros, na mesma região, desde o último dia 16; com a morte dele, o número de óbitos na ocorrência pula para nove


postado em 28/07/2018 11:55 / atualizado em 29/07/2018 09:59

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
Será sepultado, na tarde deste sábado, às 17h, na zona rural de Rio Pardo de Minas, o corpo do sargento da Polícia Militar Rafael Pedro Santana, de 25 anos, que morreu ontem à noite na Santa Casa de Montes Claros. Rafael é uma das vítimas do grave acidente ocorrido no último dia 16 no km 474, da BR-251, entre Francisco Sá e Salinas, no Norte do estado. A mãe dele, Maria Aparecida Santana, 59, também perdeu a vida na ocorrência.

O sargento teve 95% do corpo queimado na batida e servia a PM no município de Mato Verde, também no Norte de Minas. Ele tinha cinco anos de serviços prestados à corporação. 

Com a morte do sargento, saltam para nove, o número de pessoas mortas no acidente. Além dos óbitos, 53 pessoas ficaram feridas na sequência de batidas com 11 veículos envolvidos.

Das nove pessoas mortas no acidente, até aqui, sete são de Rio Pardo de Minas, também na Região Norte. Ainda morreram no acidente a estudante Natália Araújo de Almeida, natural de Salinas e que era aluna do curso de mestrado em Biotecnologia da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes); e Genildo Barbosa, de 32, que dirigia um carro da prefeitura de Josenópolis, também envolvido no engavetamento. Ele teve o corpo carbonizado.
 
As únicas vítimas sepultadas foram Natália e o militar. As outras sete famílias vivem a angústia de ainda não terem feito velório e sepultamento de seus parentes, já que os corpos foram carbonizados e a identificação será feita por meio de exame de DNA em Belo Horizonte.

__________________________
* A primeira versão deste texto continha a informação de que Rafael era soldado. A matéria foi atualizada, com a patente correta de sargento, em 29/7, às 9h58.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade