Publicidade

Estado de Minas

Adolescentes de João Monlevade são detidos em BH após amarrarem taxista no porta-malas

Taxista foi rendido na cidade da Região Central de Minas e abandonado em Santa Luzia. Adolescentes foram detidos no Bairro Serra, em BH


postado em 26/07/2018 13:08 / atualizado em 26/07/2018 13:25

(foto: Polícia Militar/Divulgação)
(foto: Polícia Militar/Divulgação)

Cinco adolescentes foram detidos na noite de quarta-feira suspeitos de envolvimento no assalto a um taxista em João Monlevade, na Região Central de Minas. Segundo a polícia, o motorista foi amarrado no porta-malas e abandonado em Santa Luzia, na Grande BH. Os suspeitos foram localizados no Bairro Serra, Região Centro-Sul. 

Militares do 22º Batalhão realizavam uma operação na Rua Apodi e abordaram dois adolescentes que levantaram suspeitas por conta do nervosismo e informações contraditórias. Eles disseram ser de João Monlevade. Enquanto começavam a apuração, os militares souberam de um carro mal estacionado perto do local e verificaram que as placas eram do mesmo município.

Os policiais acionaram outras viaturas e, durante rastreamento, encontraram outros três adolescentes da mesma cidade que confirmaram que o carro era roubado. A chave do veículo foi escondida perto dele. Dentro do carro os policiais encontraram uma réplica de pistola, dois celulares, um relógio de pulso e uma jaqueta, que estava no porta-malas. 
(foto: Polícia Militar/Divulgação)
(foto: Polícia Militar/Divulgação)

Os militares conseguiram falar com o dono do carro, que relatou que foi vítima de um assalto cometido por cinco jovens. Ele foi amarrado e colocado dentro do porta-malas de seu próprio táxi e deixado, horas depois, em Santa Luzia. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade