Publicidade

Estado de Minas

Apesar de anúncio de fechamento, Praça da Liberdade amanhece aberta nesta terça

A PBH informou, ontem, que Praça da Liberdade já estaria fechada para circulação de pedestres a partir desta terça-feira, mas, nesta manhã, ainda era possível se deparar com pessoas praticando caminhada no local


postado em 17/07/2018 11:13 / atualizado em 17/07/2018 16:24

Motivação é a revitalização do tradicional ponto turístico de Belo Horizonte, onde serão investidos R$ 5,2 milhões(foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A PRESS)
Motivação é a revitalização do tradicional ponto turístico de Belo Horizonte, onde serão investidos R$ 5,2 milhões (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A PRESS)

Apesar do anúncio da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) de que a Praça da Liberdade, no Centro-Sul da cidade, já estaria fechada para circulação de pedestres a partir desta terça-feira, na manhã de hoje ainda era possível se deparar com pessoas praticando caminhada no local.

A PBH informou que o acesso será totalmente bloqueado na quarta-feira. Tapumes serão instalados ao redor da praça para garantir a segurança dos pedestres. De acordo com a prefeitura, apenas o passeio paralelo à Rua Gonçalves Dias estará livre para circulação de pedestres.

O motivo é a revitalização completa do complexo turístico, tocada pelo Executivo municipal, pelo governo do Estado, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha/MG), e por uma empresa privada. A previsão é de que as obras se estendam até novembro.

O local vai passar por uma renovação sistema de iluminação; restauração do Coreto, da estátua Ninfa e do piso da pista de caminhada; reinstalação das placas de monumentos; e a reformulação do mobiliário. Neste último quesito, a Praça da Liberdade, segundo a PBH, vai receber equipamentos com padrões arrojados de design com a renovação de bancos e lixeiras.

O espaço se inaugurou em 1897 e foi tombado há 40 anos pelo Iepha/MG. Apesar da tradição, o local sofre os impactos do tempo, do uso constante e de atos de vandalismo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade