Publicidade

Estado de Minas

Segundo ônibus é incendiado em Vespasiano em três dias

De acordo com as primeiras informações da Polícia Militar (PM), o ataque aconteceu na Avenida Antônio Mamede, no Bairro Morro Alto. As chamas se espalharam pelo veículo da linha 5610 (Morro Alto/ Terminal Morro Alto). Ninguém foi preso


postado em 16/07/2018 18:14 / atualizado em 16/07/2018 21:25

Mais um ônibus foi incendiado na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Desta vez, o crime aconteceu em Vespasiano. De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), o ataque aconteceu na Avenida Antônio Mamede, no Bairro Morro Alto. As chamas se espalharam pelo veículo da linha 5610 (Morro Alto/ Terminal Morro Alto). 

De acordo com a PM, criminosos pediram para que o motorista do coletivo descesse, espalharam um líquido inflamável no veículo e atearam fogo. Eles também deixaram um bilhete com o profissional. O texto afirmava que o ato era uma vingança contra a prefeitura de Vespasiano, em razão de divergências quanto à ocupação de um terreno na cidade. 

Esse é o segundo ônibus atacado na cidade em três dias. No último sábado, um coletivo da linha  5805, que faz o percurso entre o Bairro Caieiras e a Estação Morro Alto, do Move Metropolitano, foi destruído. O motorista do veículo relatou que seguia pela MG-010, na altura do Km 17, Bairro Morro Alto, quando um homem deu sinal para entrar no coletivo. Ele teria exigido a saída dos passageiros e, quando a porta traseira se abriu, outros dois criminosos entraram com líquido inflamável e atearam fogo.

Policiais militares que atenderam a ocorrência encontraram um bilhete que trazia reclamações sobre maus-tratos praticados durante visitas na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH. O bilhete foi encaminhado para a delegacia de plantão de Vespasiano.

Apesar da proximidade dos fatos, segundo a PM não há ligação entre a ocorrência de hoje e a do último sábado. 

Betim


Outro ônibus foi atacado na noite desse domingo. Um veículo que fazia a linha 7770 (Capelinha/Cidade Industrial) foi incendiado na Via Expressa, em Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o Corpo de Bombeiros, pouco antes das 23h, três pessoas entraram no coletivo, mandaram todos sair e atearam fogo. O veículo foi completamente destruído. Ainda não há informações sobre a motivação do crime.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade