Publicidade

Estado de Minas

Polícia encontra corpos de homem e mulher em condomínio de Nova Lima

Principal suspeita é que autor teria matado a mulher e tirado a própria vida em seguida, já que porteiro do condomínio recebeu uma ligação de uma pessoa dizendo que cometeria o crime


postado em 01/07/2018 17:37

A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias da morte de um homem e da mulher dele na madrugada deste domingo em um condomínio de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As informações da Polícia Militar indicam um assassinato seguido de suicídio, já que o suposto autor, de 45 anos, ligou na portaria do condomínio e disse ao porteiro para chamar a Polícia Militar, pois ele mataria a companheira.

O funcionário do Condomínio Jardins de Petrópolis, um residencial que abriga casas de luxo fora da área urbana da cidade, fez o que o homem pediu e entrou em contato com a PM, mas quando os militares chegaram a dupla já estava morta. Segundo as informações do boletim de ocorrência, os corpos do provável autor do crime e da vítima de 56 anos estavam amarrados e enforcados no telhado da casa que fica na Rua Quaresmeiras.

Uma irmã do homem que é apontado como o responsável pelo crime esteve no local e acompanhou o registro da ocorrência, mas ela ficou em estado de choque e não repassou informações que pudessem apontar uma possível motivação para o caso. Como somente os dois estavam em casa, ainda não há informações de testemunhas, que serão levantadas pela Polícia Civil. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e atestou as duas mortes. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).

A reportagem entrou em contato com o condomínio, mas nenhum funcionários quis dar declarações sobre o caso.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade