Publicidade

Estado de Minas

'É muito emocionante trazer uma criança à vida', diz médico que realizou parto na BR-040

Os pais do pequeno Miguel, Cleitiane e Alberoni, que são moradores de Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, seguiam para a maternidade, já que Cleitiane estava em trabalho de parto. Porém, no caminho, próximo ao pedágio de Capim Branco, localizado no km 487, eles preferiram acionar o socorro médico


postado em 18/06/2018 14:12 / atualizado em 19/06/2018 07:47

O parto foi realizado dentro de uma ambulância na BR-040(foto: Via 040 / Divulgação)
O parto foi realizado dentro de uma ambulância na BR-040 (foto: Via 040 / Divulgação)

Os socorristas da Via 040 estão acostumados a atendimentos em série durante todo o ano. Mas, na madrugada desta segunda-feira, foram surpreendidos por uma ocorrência diferente. Uma grávida em trabalho de parto solicitou o socorro para o nascimento do filho. O pequeno Miguel nasceu dentro de uma ambulância na BR-040, próximo a Capim Branco, na Região Central de Minas Gerais. O garoto foi levado para um hospital e passa bem. Foi o décimo parto realizado na rodovia desde 2014.

O relógio marcava 4h50 quando a ambulância da concessionária Via 040 foi acionada. No chamado, o solicitante informou que uma mulher estava em trabalho de parto dentro de um carro na BR-040. A equipe do médico Jorge Rafael Reis de Oliveira, que conta com uma enfermeira e o motorista, conseguiu fazer o parto ali mesmo, na estrada. “É muito emocionante trazer uma criança à vida”, declarou Oliveira.

Os pais do pequeno Miguel, Cleitiane e Alberoni, que são moradores de Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, seguiam para a maternidade, já que a mulher estava em trabalho de parto. Porém, no caminho, próximo ao pedágio de Capim Branco, localizado no Km 487, eles preferiram acionar o socorro médico, pois acreditavam que não daria tempo de chegar à unidade de saúde.

O cálculo estava certo. A equipe do médico Jorge chegou e em pouco tempo Miguel nasceu. “Fomos acionados por volta das 4h50. Nos foi passado que uma gestante estava em trabalho de parto próximo ao pedágio. Ela estava no banco de trás do carro. A transferimos para a ambulância e iríamos levá-la para o hospital, mas vimos que não haveria tempo. Então, tivemos que fazer o parto ali mesmo”, conta.

Miguel nasceu às 5h05 e passa bem, segundo a Via 040. A criança ficou sob os cuidados da equipe médica do Hospital Nossa Senhora das Graças, em Sete Lagoas. Foi o primeiro parto feito de Oliveira fora de um hospital. “Em nossa formação médica a gente se prepara para qualquer tipo de situação. Foi o primeiro parto que fiz fora de uma unidade de saúde. Foi muito gratificante e emocionante”, disse.

Milhares de atendimentos são realizados pelos socorristas durante todo o ano na rodovia, mas as ocorrências de partos são raras. Segundo a Via 040, de janeiro a 31 de maio, 7.909 pessoas foram atendidas na estrada, a maioria delas vítima de acidente. No ano passado inteiro, foram 22.523 pessoas atendidas pelas equipes de socorro. Em 2016, os atendimentos somaram 22.923.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade