Publicidade

Estado de Minas

Novos furtos de cabos apagam semáforos na Avenida Cristiano Machado

Problema ocorreu em dois cruzamentos nesta segunda-feira. Técnicos já trabalham no local


postado em 18/06/2018 09:51 / atualizado em 18/06/2018 10:15

Ver galeria . 6 Fotos Técnicos fazem reparo em semáforo que teve cabos furtados na Avenida Cristiano Machado, em frente ao número 2.273Paulo Filgueiras/EM/DA Press
Técnicos fazem reparo em semáforo que teve cabos furtados na Avenida Cristiano Machado, em frente ao número 2.273 (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press )

Motoristas e pedestres que passam pela Avenida Cristiano Machado encontram dificuldades em alguns trechos na manhã desta segunda-feira. Novos furtos de cabos foram registrados hoje. Técnicos já trabalham no local para fazer os reparos. 

Segundo a BHTrans, desta vez foram registrados furtos no cruzamento da Avenida Cristiano Machado com a Rua Everardo Vieira, no Bairro Silveira, Região Nordeste de Belo Horizonte, e na esquina da avenida com a Rua Urandi, próximo à Avenida Silviano Brandão. Na semana passada, o mesmo problema havia ocorrido no trecho. 

O reparo nos locais exige o fechamento de pelo menos uma faixa da via, o que deixa o trânsito complicado. Alguns pedestres também enfrentam dificuldades para atravessar a Cristiano Machado, como mostram as fotos da reportagem do Estado de Minas hoje. A BHTrans pede que os motoristas reduzam a velocidade nos trechos, e a preferência é dos pedestres. 

(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)
(foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)


A empresa de trânsito também divulgou trechos onde os cabos da estrutura dos sinais foram furtados na semana passada. Entre eles há locais onde o problema é constante. Confira:

  • Avenida Bernardo Vasconcelos com Rua Cônego Santana, no Bairro Cachoeirinha
  • Avenida Américo Vespúcio com Rua Cirilo Gaspar de Araújo, Bairro Aparecida
  • Rua Pio XI com Avenida Bernardo Vasconcelos, no Bairro Ipiranga
  • Rua Mato Grosso com a Ruia dos Goitacases, no Centro 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade