...
Publicidade

Estado de Minas

Furto de cabos em semáforo da Cristiano Machado provoca prejuízos e congestionamento

Para BHTrans, além dos prejuízos financeiros, crime representa uma ameaça à segurança da população. Problema é recorrente


postado em 14/06/2018 10:01 / atualizado em 14/06/2018 10:12


Três horas de semáforos apagados em um dos principais cruzamentos da Região Leste de Belo Horizonte e um congestionamento de quase 2 quilômetros no horário de pico. Este foi o resultado do furto de cabos de semáforos na esquina das avenidas Cristiano Machado e Silviano Brandrão, que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (14).

A assessoria de imprensa da BHTrans ressalta que o furto de cabos é um problema recorrente, que representa uma ameça à segurança de motoristas e pedestres. O semáforo da Cristiano Machado ficou desativado entre 5h e 8h.

Agentes da empresa de transportes coordenaram o tráfego na região, enquanto a fiação era trocada. Nesses casos, a BHTrans alerta os motoristas para que redobrem a atenção e reduzam a velocidade.

PREJUÍZOS Os semáforos são alvos constantes de ladrões que cortam os cabos para retirar o cobre dos fios e vendê-lo. Só este ano, o esquema já gerou um prejuízo de mais R$ 245 mil aos cofres da BHTrans.

Em comparação com o ano passado, houve um aumento de quase 200% nos casos de furto de cabeamento, segundo informações do órgão. Por semana, cerca de cinco a oito semáforos precisam ter a fiação substituída.

* Estagiária sob supervisão da subeditora Regina Werneck

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade