Publicidade

Estado de Minas

Busca por vítimas de acidente com helicóptero é suspensa sem confirmação de mortes no Sul de MG

Trabalhos de técnicos do Seripa da Aeronáutica iniciaram no fim da tarde deste domingo e não foi possível vasculhar destroços de onde ficava a cabine. BuscaS serão retomadas na manhã desta segunda


postado em 17/06/2018 20:33 / atualizado em 17/06/2018 22:59

Área da queda segue isolada para que peritos da Aeronáutica realizem levantamentos sobre as causas(foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Área da queda segue isolada para que peritos da Aeronáutica realizem levantamentos sobre as causas (foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
A busca por possíveis vítimas da queda de um helicóptero no Sul de Minas foi encerrada no começo da noite deste domingo, sem a confirmação de mortes pelo Corpo de Bombeiros. Somente no fim da tarde, por volta das 16h, peritos do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa III), da Aeronáutica, iniciaram os trabalhos técnicos, mas suspenderam às 19h, por conta da falta de luz no local.

A informação foi repassada por um oficial bombeiro que está à frente da operação de busca. Neste domingo, foi realizada uma varredura na mata vizinha ao local da queda, diante da possibilidade de que o piloto Luiz Soares e o passageiro, o empresário Márcio Bissoli, tivessem saltado da aeronave em pane antes que ela tocasse o solo. A hipótese foi levantada pela mulher de Luiz, que também pilota helicópteros.

Iniciados os trabalhos dos técnicos do Seripa, algumas peças da aeronave, que não foram completamente destruídas no impacto, foram recolhidas. Utilizando-se equipamentos de tração e ferramentas hidráulicas, os bombeiros removeram os dois motores, o rotor principal e pedaços do painel.

De acordo com o oficial, a disposição dos destroços sugere que a aeronave se chocou frontalmente na montanha, abrindo uma cratera. E os corpos dos ocupantes estariam debaixo das ferragens, que ainda serão periciadas nesta segunda-feira, a partir das 7h. O local permanece isolado por policiais militares.

O acidente

No fim da tarde do sábado, helicóptero decolou de um heliponto em Nova Lima na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O destino seria o aeroporto de Congonhas, em São Paulo. No plano de voo constava que, além do piloto, a aeronave levaria três passageiros. Mas há confirmação de que apenas piloto e o empresário voavam por ocasião da queda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade