Publicidade

Estado de Minas

Lucas Lucco fala sobre assalto ao ônibus da banda no Triângulo Mineiro

"Graças a Deus tudo bem com a família. Só um susto grande e bens materiais furtados", disse o cantor, que divulgou vídeo


postado em 01/06/2018 10:57 / atualizado em 01/06/2018 11:05


O cantor Lucas Lucco usou as redes sociais para falar do assalto ao ônibus que transportava sua banda na madrugada de quinta-feira na BR-265 em Indianópolis, no Triângulo Mineiro. 

“Graças a Deus tudo bem com a família. Só um susto grande e bens materiais furtados. Sem julgamentos. Nada é em vão. Gratidão pela saúde dos meus irmãos e força pra seguir com essa nossa união, sempre”, escreveu o cantor na legenda de um vídeo divulgado em seus perfis no Facebook e Instagram na tarde passada. 

Ao lado dos membros da banda, ele explica que os músicos voltavam de uma apresentação em Patos de Minas, onde participaram da Fenamilho, em direção a Uberlândia. De lá, eles partiriam com destino a Toledo, no Paraná. O cantor não estava no ônibus.

Lucas Lucco e membros da equipe em vídeo publicado nas redes sociais(foto: Reprodução da internet/Facebook)
Lucas Lucco e membros da equipe em vídeo publicado nas redes sociais (foto: Reprodução da internet/Facebook)


“O show de hoje em Toledo foi adiado para o sábado e amanhã continuamos com Umuarama, no Paraná”, disse Lucas Lucco. Nos Stories do Instagram, ele agradeceu ao apoio e preocupação dos fãs. 

Entenda o caso


De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os ladrões se aproximaram do ônibus em um carro de cor prata e obrigaram o motorista a parar. Dois homens armados entraram no veículo e anunciaram o assalto. 

Em seguida, o motorista foi obrigado a seguir viagem enquanto o roubo ocorria com o veículo em movimento. Dentro do ônibus estavam 19 pessoas, incluindo o motorista. Os ladrões levaram três intrumentos musicais, celulares e notebook. 

Ônibus do artista foi alvo de assalto na madrugada dessa quinta-feira(foto: Reprodução da internet/Facebook)
Ônibus do artista foi alvo de assalto na madrugada dessa quinta-feira (foto: Reprodução da internet/Facebook)


Segundo depoimento dos passageiros, pelo menos quatro pessoas participaram do crime. O restante da quadrilha teria ficado no carro para dar apoio aos comparsas. O motorista contou aos policiais que percorreu cerca de 15 quilômetros pela BR-365 e foi forçado a entrar na LMG-748, sentido Araguari. Depois, entrou em uma estrada vicinal e parou. 

Os ladrões desceram do ônibus e entram no carro. Segundo o depoimento do motorista, o veículo seguiu em fuga sentido à rodovia. Ninguém ficou ferido. A Polícia Militar foi acionada e realiza rastreamento para tentar localizar os suspeitos. (Com informações de Sílvia Pires) 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade