Publicidade

Estado de Minas

Motorista aguarda oito horas e não consegue abastecer em posto da Rua Jacuí

Condutor ficou entre as 6h30 e as 14h30 no estabelecimento, mas combustível acabou quando faltavam apenas 10 carros para sua vez


postado em 29/05/2018 22:02 / atualizado em 29/05/2018 22:19

(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press.)
(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press.)
O cidadão Pedro Ataíde enfrentou um verdadeiro teste de paciência nesta terça-feira. Logo cedo, às 6h30, ele chegou a um posto na Rua Jacuí, no Bairro Floresta, no Leste da cidade, para tentar abastecer seu carro. Depois de aguardar oito horas, às 14h30, o motorista recebeu do frentista a notícia de que a gasolina havia acabado.


Em uma fila na Avenida Getúlio Vargas, no Bairro Funcionários, no Centro-Sul de BH, Pedro Ataíde relatou o azar. “Infelizmente, acabou a gasolina faltando 10 carros. Hoje, essa é minha terceira fila. Na segunda, na (Avenida) Nossa Senhora do Carmo, o combustível acabou superrápido”, disse.


Desta vez, ele tenta abastecer em um estabelecimento localizado na esquina entre as avenidas Afonso Pena e Bernardo Monteiro. No total, até às 22h de hoje, o motorista já enfrentou 16 horas para tentar encher o tanque do carro.

No posto da Região Centro-Sul, motoristas afirmam que esperam cerca de 40 minutos para serem atendidos. A fila se inicia nas proximidades da esquina de Piauí com Álvares Maciel. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade