Publicidade

Estado de Minas

Sobe para 13 o número de voos cancelados no Aeroporto de Confins

O plano de contingência segue em ação no terminal devido a falta de combustível. Greve de caminhoneiros continua nesta segunda-feira


postado em 28/05/2018 13:41

Os passageiros devem procurar as companhias aéreas antes de seguir para o terminal(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Os passageiros devem procurar as companhias aéreas antes de seguir para o terminal (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, localizado em Confins, na região metropolitana da capital mineira, continua tendo problemas devido a falta de combustível. Subiu para 13 o número de voos cancelados nesta segunda-feira devido a escassez de querosene para abastecer as aeronaves. O plano de contingência segue em ação. Os passageiros devem procurar as companhias aéreas antes de seguir para o terminal.

Último balanço divulgado pela BH Airport, concessionária responsável pelo aeroporto, às 12h45, indica que 13 voos foram cancelados nesta segunda-feira.

Por meio de nota publicada em seu site, a concessionária relembra que desde a segunda-feira passada, quando a greve dos caminhoneiros começou, mantém um plano de contingência em parceria com as companhias aéreas para reduzir impactos às operações e aos passageiros.

Segundo a empresa, o abastecimento dos aviões continua sendo feito “de forma restrita, planejada e em coordenação com as companhias aéreas”. “A concessionária continua acompanhando a situação por meio de um comitê de crise e até que o fornecimento de combustível seja normalizado, o plano de contingência continuará ativo”, diz a nota.

“A BH Airport mantém a recomendação para que os passageiros entrem em contato com as companhias aéreas e consultem a situação dos voos antes mesmo do deslocamento até o Aeroporto”, finaliza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade