Publicidade

Estado de Minas

Motoristas de vans e manifestantes protestam no Centro de BH

Ato é em apoio à greve dos caminhoneiros. Durante a tarde, outras manifestações estão previstas para a Região Central


postado em 28/05/2018 12:42 / atualizado em 28/05/2018 13:07

Grupo se concentrou no entorno da Praça Sete e cantou o hino nacional. Um carro de som acompanha o ato (foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A Press)
Grupo se concentrou no entorno da Praça Sete e cantou o hino nacional. Um carro de som acompanha o ato (foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A Press)
 

Manifestantes e motoristas de vans escolares realizam protesto no Centro de Belo Horizonte em apoio à greve dos caminhoneiros e contra o preço dos combustíveis. 

O ato teve duas concentrações: enquanto populares saíram da Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital, os condutores do transporte escolar, paralisados nesta segunda-feira, deixaram a Câmara Municipal, na Avenida dos Andradas, na Região Leste. O grupo uniu as reivindicações na Avenida Afonso Pena, onde devem permanecer durante a tarde.

A BHTrans acompanha a movimentação e informa que o trânsito ficou prejudicado no sentido Centro, na descida do Bairro Mangabeiras, com a fila de vans escolares ocupando três faixas. A dispersão do protesto ocorre na Praça Sete. 
Fila de vans escolares deixaram o trânsito lento no sentido Centro da Avenida Afonso Pena. Categoria está paralisada nesta segunda-feira (foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A Press)
Fila de vans escolares deixaram o trânsito lento no sentido Centro da Avenida Afonso Pena. Categoria está paralisada nesta segunda-feira (foto: Gladyston Rodrigues/ EM/ D.A Press)
 
Ainda nesta segunda-feira, há previsão de outros protestos em Belo Horizonte. Às 14h uma concentração é marcada para a Praça da Liberdade, também em apoio aos caminhoneiros. Enquanto às 17h, a previsão é de um ato unificado a favor dos caminhoneiros, mas pedindo melhorias na educação e na queda dos preços de todos os combustíveis.
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade