Publicidade

Estado de Minas

Minas ainda tem pelo menos 24 pontos ocupados por caminhoneiros

Informações foram divulgadas pela Via-040 e pela Autopista Fernão Dias


postado em 28/05/2018 11:10 / atualizado em 28/05/2018 11:38



No oitavo dia da greve dos caminhoneiros, Minas Gerais ainda tem pelo menos 24 pontos ocupados por manifestantes. Os locais estão liberados para veículos de passeio.

No fim de semana, o Departamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Brasília, informou que todos os balanços de protestos no país serão publicados pela assessoria nacional. Mas, até a publicação desta matéria, a última atualização da PRF era de sábado.

A concessionária Autopista Fernão Dias, responsável pela BR-381, e a Via-040 seguem atualizando o quadro por meio do Twitter. Veja o levantamento:

BR-040 (atualizado às 11h):



BR-381 (atualizado às 8h):

Km 949 em Extrema (Região Sul)

Km 925 em Itapeva (Sul de Minas)

Km 871 e 870 em Pouso Alegre (Sul de Minas)

Km 796 em São Gonçalo do Sapucaí (Sul de Minas)

Km 754 em Três Corações (Sul de Minas)

Km 734 em Carmo da Cachoeirano (Sul de Minas)

Km 702 e 692 em Lavras (Sul de Minas)

Km 690 em Perdões (Centro-Oeste de Minas)

Km 618 em Oliveira

Km 589 em Carmópolis de Minas  (Centro-Oeste de Minas)

Km 513 em Igarapé (Grande BH)

Km 507 em São Joaquim de Bicas (Grande BH)

Km  485 em Betim (Grande BH)

Segundo a Autopista Fernão Dias, caminhoneiros mantêm protestos, mas sem causar lentidão. Flui veículos de passeio, ônibus e emergenciais.

A BR-491, entre Varginha a Três Corações (Sul de Minas), também segue ocupada pelos caminhoneiros (foto: Imagens cedidas por caminhoneiros)
A BR-491, entre Varginha a Três Corações (Sul de Minas), também segue ocupada pelos caminhoneiros (foto: Imagens cedidas por caminhoneiros)


A BR-491, entre Varginha a Três Corações (Sul de Minas), também segue interditada. Os caminhoneiros tomam banho em empresas próximas e dormem dentro dos próprios caminhões.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade