Publicidade

Estado de Minas

Blitz no Anel Rodoviário notifica condutores de veículos pesados

Oitava edição da operação 'Carga Pesada', feita pela PMRv e Via 040, abordou veículos pesados e autuou motoristas


postado em 08/05/2018 18:21 / atualizado em 08/05/2018 18:48

(foto: Acervo Via 040/Divulgação)
(foto: Acervo Via 040/Divulgação)
Em sua oitava edição, a operação "Carga Pesada", da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e a Via 040, concessionária responsável por um trecho do Anel Rodoviário, compreendido entre o Bairro Califórnia e o Olhos D'Água, autuou 21 veículos pesados que estavam irregulares. A operação é uma continuidade do "Aliança pela Vida", idealizado pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), formado pro representantes do poder público municipal, estadual e federal, além de entidades de classe representativas do setor.

Na blitz desta segunda-feira, 30 veículos pesados foram abordados, sendo que 21 condutores foram notificados pela PMRv. Os principais problemas de conservação, de acordo com a Via 040, são: pneus "carecas"; para-brisas trincados; para-choque amassado; ausência de fita refletiva de segurança e lentes de lanternas e faróis quebrados. Um veículo ficou retido no local para que as irregularidades relacionadas aos pneus fossem sanadas.

A ação conjunta entre os policiais militares rodoviários e os técnicos da concessionária aconteciam simultaneamente. Enquanto os agentes verificavam a documentação dos veículos e dos motoristas, os especialistas da Via 040 faziam um "pente-fino" na mecânica e na elétrica dos veículos. Os agentes verificaram estado das bandagens internas dos pneus, a cuíca do freio, os grampos da carroceria, as mangueiras de ar etc. De acordo com a empresa, a revista feita servirá como base para campanhas educativas nas empresas transportadoras.

Desde dezembro do ano passado, a operação "Carga Pesada" fiscalizou 344 veículos e 318 autuações foram lavradas.

* Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade