Publicidade

Estado de Minas

Corpos de vítimas do acidente na BR-116 são liberados em Governador Valadares

Batida envolvendo um ônibus, carreta, caminhonete matou sete pessoas e feriu 12. Cinco ainda estão internadas


postado em 24/04/2018 10:39 / atualizado em 24/04/2018 10:53

Existe há suspeita de que o motorista da caminhonete estava dirigindo embriagado (foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)
Existe há suspeita de que o motorista da caminhonete estava dirigindo embriagado (foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação)
Foram liberados para as famílias os corpos de cinco das setes vítimas do acidente envolvendo um ônibus, uma carreta e uma caminhonete na noite do último domingo, na BR-161, próximo a Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Cinco das 12 pessoas que ficaram feridas ainda estão internadas em um hospital da cidade. 

De acordo com a Polícia Civil, os corpos liberados são do policial militar reformado José Maria Gomes, de 63 anos, da esposa do agente, Ruthnalva Kopittke Fernandes, de 45, da estudante de medicina Riani David de Almeida, de 20, Ivanete Rocha Rafael, de 78, e Merilda Ferraz Gomes, de 44 – todos morreram ainda na rodovia. 

Os corpos de Reginaldo Oliveira, de 39, ainda não foi liberado. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu depois de dar entrada no Hospital de Governador Valadares. Ainda há uma vítima sem identificação. 

Feridos 

No fim da noite de segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde de Governador Valadares informou que cinco pessoas feridas no acidente ainda estão internadas no hospital municipal. 

Duas mulheres e um homem estão em estado estável. Outras duas mulheres, que tiveram traumatismo craniano, estão em estado gravíssimo. 

Acidente 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão ocorreu no Km 400 da rodovida. O acidente interditou completamente a via e mobilizou equipes de resgate. O trânsito foi liberado por volta das 4h. Conforme a corporação, a caminhonete envolvida no acidente era uma L200 e há suspeita de que o motorista estava embriagado, pois foram encontradas latas de cerveja no veículo e testemunhas também disseram que ele dirigia em zigue-zague pela via. 

O condutor sofreu fratura exposta e se encontra em estado grave no hospital. O ônibus pertencia à Vale Viagens, que fica em Itaobim, no Vale do Jequitinhonha. Segundo informações da empresa, o veículo era fretado e saiu do município às 18h de domingo com destino a Belo Horizonte, com 42 ocupantes, incluindo os dois motoristas. Já o Corpo de Bombeiros diz que a lista contava com 44 passageiros. O acidente teria ocorrido pouco antes da meia-noite.

Ainda de acordo com a empresa, as informações repassadas a ela dão conta de que a caminhonete seguia no sentido Governador Valadares quando bateu em uma carreta carregada com tubos, que vinha no sentido oposto. O caminhoneiro tentou desviar do ônibus, que também seguia em direção a Valadares, mas a carga se desprendeu e atingiu o veículo. O motorista não se feriu e conseguiu ligar para a Vale Viagens comunicando o acidente, mas, em estado de choque, também precisou ser socorrido.

A Vale Viagens informou também que os passageiros que não se feriram receberam transporte para Belo Horizonte ou para voltar a Itaobim. Representantes da empresa foram enviados à cidade e já apresentaram a documentação à polícia. Eles também informaram que estão prestando atendimento às famílias das vítimas.
 
 *Estagiário sob supervisão da subeditora Regina Werneck 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade