Publicidade

Estado de Minas

Protesto de ocupações complica o trânsito na Avenida Afonso Pena em BH

Sentido Mangabeiras está com tráfego retido até a Praça Sete. Polícia Militar informou que Tropa de Choque acompanha o protesto


postado em 28/03/2018 12:10 / atualizado em 28/03/2018 12:51

(foto: Brigadas Populares/ Divulgação )
(foto: Brigadas Populares/ Divulgação )
Uma manifestação dos integrantes de áreas de ocupações de Belo Horizonte complica o trânsito no sentido Mangabeiras da Avenida Afonso Pena, Centro de BH, na manhã desta quarta-feira. O ato ocorre em frente ao prédio da Prefeitura de Belo Horizonte. 
 
A BHTrans informou que, devido ao protesto, a retenção de veículos já chega na Praça Sete. Apesar de três faixas terem sido liberadas para trânsito, a autarquia recomenda que motoristas evitem a avenida e utilizem o desvio passando pela ruas da Bahia, Timbiras e Guajajaras para driblar o protesto.
 
A Tropa de Choque da Polícia Militar acompanha a movimentação. Segundo a corporação, não há informações de confrontos entre manifestantes e policiais. O efetivo da corporação foi acionado para negociar a liberação da avenida e garantir a segurança no local, segundo informado pela assessoria de imprensa. 
(foto: Brigadas Populares/ Divulgação )
(foto: Brigadas Populares/ Divulgação )
 
 
A manifestação é liderada pela ocupação Izidora, próximo à Mata do Isidoro, no Bairro Jaqueline/Zilah Spósito, Região Norte de BH e começou por volta de 11h30. Não há previsão para o término do ato. 
(foto: Brigadas Populares/ Divulgação )
(foto: Brigadas Populares/ Divulgação )
 
O protesto começou após a reunião entre representantes do Izidora com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), marcada para 10h. O encontro foi agendado na semana passada, quando os integrantes da ocupação chegaram a acampar na porta da prefeitura de Belo Horizonte, pleiteando que a área do Izidora fosse urbanizada. Os moraodres também pediam instalação de rede água, esgoto e energia elétrica. 
 
A assessoria de imprensa da Prefeitura de Belo Horizonte informou que, em agenda oficial nesta tarde no Bairro Olhos D'Água, o prefeito vai informar quais assuntos foram tratados e o que foi acordado no encontro com os representantes da ocupação.  

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade