Publicidade

Estado de Minas

Moradores das ocupações da Granja Werneck protestam no Centro de BH

Manifestantes se concentraram na Avenida Afonso Pena. Famílias exigem saneamento básico e regularização das áreas


postado em 19/03/2018 11:27 / atualizado em 19/03/2018 11:35

Manifestantes na Avenida Afonso Pena, em frente à Prefeitura de Belo Horizonte(foto: Brigadas Populares - Minas Gerais/Divulgação)
Manifestantes na Avenida Afonso Pena, em frente à Prefeitura de Belo Horizonte (foto: Brigadas Populares - Minas Gerais/Divulgação)

Moradores das ocupações da Izidora (Rosa Leão, Esperança e Vitória), que ficam na Granja Werneck, Região Norte de Belo Horizonte, fizeram uma manifestação na manhã desta segunda-feira no Centro da capital. 

Os manifestantes se concentraram em frente a prefeitura, na Avenida Afonso Pena. Segundo a BHTrans,  por volta das 11h20, o trânsito era lento entre as ruas da Bahia e dos Caetés, no sentido Mangabeiras. 

Segundo os representantes das comunidades e entidades ligadas ao movimento, as famílias cobram que as ocupações sejam transformadas em Áreas Especiais de Interesse (AEIS), fornecimento de água, energia elétrica, além de saneamento básico, posto de saúde, escola e creches. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade