Publicidade

Estado de Minas

Morador de rua é espancado até a morte no Centro de BH

Um suspeito foi preso e apontado por testemunhas como autor do crime. Causas do assassinato são desconhecidas


postado em 22/03/2018 08:44 / atualizado em 22/03/2018 18:32

Um morador de rua, conhecido como "Gordinho", foi esfaqueado até a morte quando dormia abaixo de um viaduto do Complexo da Lagoinha, na Avenida Olegário Maciel, Centro de Belo Horizonte, na madrugada desta quinta-feira. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem, ainda não foi identificado, pediu socorro aos policiais que estavam em uma viatura na Praça Rio Branco, em frente a rodoviária. A vítima estava sangrando e com ferimentos que podem ter sido causados por faca. 

A PM chegou a solicitar uma ambulância do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), mas o homem morreu ainda na praça.

Durante o socorro, a vítima contou aos militares que dormia abaixo do Viaduto Sarah Kubitschek - que liga as Avenidas Antônio Carlos e Pedro II à Olegário Maciel e Rua dos Caetés, quando foi atingido. 

Testemunhas do crime contaram à PM que um homem, uma mulher e um adolescente se aproximaram do morador, que foi esfaqueado 12 vezes, além de ter sido agredido com chutes e socos. Suspeitos também estariam com um pedaço de pau.

A polícia também disse que câmeras do Olho Vivo flagraram o momento em que o grupo agrediu o homem enquanto dormia. A partir das imagens, o adolescente de 17 anos e o homem de 38 apontados como autores do crime foram pegos. O jovem, segundo a PM, tem extenso histórico criminal. 
 
*Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade