Publicidade

Estado de Minas

'Você não vai fugir de mim mais', diz homem que sequestrou a ex-mulher em Juiz de Fora

Segundo a Polícia Militar, durante os 13 anos juntos, a vítima era agredida e sofria ameaças de morte


postado em 13/03/2018 13:17 / atualizado em 13/03/2018 13:43

A não aceitação do fim de um relacionamento marcado por agressões e ameaças de morte teve mais um capítulo nessa segunda-feira com final traumático para uma mulher que foi sequestrada e agredida pelo ex-marido em Juiz de Fora, Zona da Mata de Minas Gerais.


“Você não vai fugir de mim mais, eu vou te matar”, disse John Lenon Porto Gomes, enquanto puxava os cabelos da ex-mulher e a agredia com socos e chutes. Uma irmã da vítima tentou intervir no conflito, mas acabou agredida por John Lenon. 

A ex-mulher foi colocada em um Corsa e levada para o apartamento em que morou com Lenon por 13 anos, período em que estiveram juntos. Dois homens deram apoio ao agressor e ameaçaram a vítima com uma faca e uma arma. 

Ainda segundo a Polícia Militar, a irmã da vítima passou o endereço do apartamento aos policiais. Eles foram ao local e encontraram a mulher que sofria ameaças do ex-marido no imóvel por cerca de seis horas. John Lenon foi preso e os militares ainda conseguiram deter um dos comparsas que ajudaram a sequestrar a vítima. 

Thiago Marques Filipino, de 33 anos, estava com o corsa usado na ação. Porções de maconha e cocaína, além de uma faca foram apreendidas com o homem. O terceiro suspeito de participar do sequestro não foi localizado. 

À PM, a mulher contou que foi agredida diversas vezes durante o tempo em que se relacionou com John Lenon. Como sofria ameaças de morte constantemente, a mulher tinha receio em denunciar a violência doméstica. 

Os dois homens foram presos por sequestro, cárcere privado, violência doméstica e tráfico de drogas - devido às porções de droga encontradas no Corsa. O veículo usado na ação foi apreendido por estar com a documentação atrasada. O crime será investigado pela Polícia Civil. 

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade