Publicidade

Estado de Minas

Bêbado, filho mata o pai com facadas no pescoço no Vale do Rio Doce

Jovem confessou o crime à Polícia Civil e foi preso. Durante depoimento, ele revelou que é usuário de drogas


postado em 13/03/2018 11:14 / atualizado em 13/03/2018 12:26

Está preso por homicídio qualificado um jovem de 19 anos que confessou ter matado o pai, depois de consumir bebida alcoólica, com duas facadas no pescoço na noite dessa segunda-feira em Barra do Ariranha, distrito de Mantena, no Vale do Rio Doce. 

Além de contar detalhes do crime à Polícia Civil, o jovem revelou que não tinha bom relacionamento com o pai e que é usuário de drogas. No histórico criminal do jovem, constam registros de furto e posse ilegal de arma. 

“Ele foi ouvido e disse que passou o dia com o pai bebendo. No fim da noite o pai teria apontado uma faca pra ele e o ameaçado durante uma discussão. Aí ele pegou uma faca maior, deu duas facadas e deixou o objeto cravado no pescoço do pai”, explicou o delegado responsável pela delegacia da Polícia Civil de Mantena, Yure da Mota. 

Após o crime, o jovem acionou a PM informando o que ocorreu na casa e foi detido em flagrante. Ao delegado, o filho disse que se mudou para a casa do pai há cinco dias. “Ele me disse que morou nas ruas em Belo Horizonte porque era usuário de drogas e o padrasto não aceita e o expulso de casa. Mesmo não tendo relacionamento com o pai, ele se mudou para Mantena por não ter para onde ir”, informou Yure da Mota.

O jovem foi encaminhado ao presídio de Mantena e autuado por homicídio qualificado. Apurações iniciais no histórico criminal do jovem apresentam registros de prisões por furto no Espírito Santo, já maior de idade. 

Ainda na adolescência, segundo a Polícia Civil, o jovem foi apreendido por posse ilegal de arma em Belo Horizonte. 
 
*Sob supervisão do editor Benny Cohen



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade