Publicidade

Estado de Minas

Homem é preso após chamar mulher de "macaca" e "vagabunda" em Patos de Minas

Suspeito, de 38 anos, estava embriagado e agrediu policiais militares que cumpriam a ordem de prisão


postado em 27/02/2018 12:56 / atualizado em 27/02/2018 18:26

Uma jovem de 20 anos foi chamada de “macaca” e “vagabunda” por um homem de 38 anos, que ainda agrediu policiais militares com socos, chutes e mordidas na tarde dessa segunda-feira em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. 

De acordo com a Polícia Militar, a jovem, moradora do Bairro Novo Horizonte, contou aos policiais que Marcos Augusto Gonçalves a chamou de “macaca”, “preta”, “rapariga” e “vabagunda” em uma rua próxima à casa dela.

Os policiais conseguiram localizar Marcos Augusto e questionaram ele se havia cometido as injúrias raciais  contra a mulher. Com sinais de embriaguez, o homem não quis responder e agrediu os militares com socos e chutes. 

Um militar ainda foi agredido com uma mordida no braço e também teve um ferimento no olho. Durante a confusão, Marcos Augusto teve pequenos machucados no rosto, mas negou atendimento médico.

Marcos foi preso e encaminhado para a Polícia Civil. A assessoria de imprensa da corporação informou que o homem foi autuado pelo crime contra o patrimônio e resistência a prisão. Quanto a denúncia de injúria racial, a Polícia Civil disse que precisa aguardar a vítima registrar queixa para iniciar as investigações.

* Sob supervisão da subeditora Jociane Morais

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade