Publicidade

Estado de Minas

Mulher bebe, esfaqueia irmã e enterra o corpo no quintal da casa em Uberaba

Crime teria ocorrido, segundo a Polícia Militar, há 20 dias; Alcione Correa, de 37 anos, foi presa e autuada por homicídio e ocultação de cadáver


postado em 21/02/2018 08:44 / atualizado em 21/02/2018 11:24

Corpo foi encontrado no quintal da casa e militares do Corpo de Bombeiros foram acionados para desenterrar o cadáver (foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação )
Corpo foi encontrado no quintal da casa e militares do Corpo de Bombeiros foram acionados para desenterrar o cadáver (foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação )
Uma mulher, sob efeito de bebida alcoólica, matou a irmã com facadas e enterrou o corpo nos fundos da casa da família.

O crime ocorreu no Bairro Abadia, em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

O cadáver foi encontrado nesta madrugada por policiais militares, que foram à casa para apurar uma denúncia de drogas enterradas no terreno. 


Eles cavaram a área e logo viram que havia um corpo enterrado.

Segundo o boletim de ocorrência, Alcione Correa da Cruz, de 37 anos, confessou aos policiais que o corpo era da irmã dela. A mulher alegou que, há aproximadamente 20 dias, brigou com a irmã após ter bebido e, em seguida, matou a vítima a facadas e enterrou o corpo no quintal. 

Ainda de acordo com a PM, Helenita Correa da Cruz, que tinha 41 anos, estava com uma sacola plástica amarrada à cabeça. Foi preciso ajuda de militares do Corpo de Bombeiros para desenterrar o corpo e, posteriormente, encaminhá-lo ao Instituto Médico Legal (IML).


Alcione Correa foi presa e autuada por homicídio e ocultação de cadáver. 

Alcione Correa da Cruz confessou o crime e foi presa por homicídio e ocultação de cadáver (foto: Polícia Militar/ Divulgação )
Alcione Correa da Cruz confessou o crime e foi presa por homicídio e ocultação de cadáver (foto: Polícia Militar/ Divulgação )

 

*Sob supervisão do editor Benny Cohen


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade