Publicidade

Estado de Minas

Mulher é autuada por infanticídio após abandonar bebê morto em Janaúba

Mãe do recém nascido, que foi encontrado em uma bolsa, será autuada por infanticídio


postado em 15/02/2018 10:51

Um bebê recém-nascido do sexo masculino foi encontrado morto dentro de uma bolsa pela Policia Militar em uma casa em Janaúba, no Norte de Minas. A mãe da criança, S.M.M., de 24 anos, confessou que escondeu a gravidez e, logo após o parto, colocou o bebê dentro da bolsa. Ela foi autuada pelo crime de infanticídio e está internada no Hospital Fundajan, em Janaúba, sob escolta policial.

O caso foi descoberto quarta-feira à noite. A Policia Militar informou que compareceu ao Hospital Fundajan, onde a jovem deu entrada na última terça-feira, com sangramento, sendo necessário que recebesse  transfusão sanguínea. A avó de S.M informou aos policiais que a neta dormiu em sua casa e, durante a madrugada, acordou ensangüentada, pedindo ajuda para tomar banho. Em seguida, foi levada para o hospital.
 
A PM  foi até a casa da avó da mulher. Lá, os policiais foram até o quarto onde S.M. dormiu. No local, eles localizaram a criança recém-nascida morta. O corpo estava encoberto por panos. Uma tia da mãe do bebê disse que a jovem sempre dizia que teve um crescimento na barriga devido a uma doença e que “seria necessário fazer uma cirurgia”.

Conforme a Policia Militar, após a descoberta, no hospital, a mulher confessou que, na madrugada de terça-feira, após o parto, colocou o bebê dentro da bolsa e se arrastou até o quatro da avó para pedir ajuda. Depois, ligou para o pai dela, que levou até o hospital. Ainda  de acordo com a PM, a mãe confessou que a criança “chorou por cerca de minutos” e que ela cometeu o infanticídio  porque “não queria mais ter filhos”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade