Publicidade

Estado de Minas

Artefato explode na mão de PM que tentou encerrar baile funk no Goiânia

Segundo a ocorrência policial, os participantes da festa hostilizaram os militares que pediam para desligar o som


postado em 27/01/2018 12:58 / atualizado em 27/01/2018 13:04

Um policial militar que tentou acabar com um baile funk no Bairro Goiânia foi atingido por um objeto lançado pelos participantes da festa e teve que passar por uma cirurgia na mão. Segundo a PM, ele tentou pegar algo que havia sido atirado e o artefato explodiu na mão direita dele. Cabo Rodrigo, de 34 anos, foi levado ao Hospital João 23, onde passou por um procedimento cirúrgico.

O caso ocorreu na madrugada deste sábado (27). As viaturas foram acionadas por causa de um baile funk na rua General Zerbrine que estaria incomodando moradores. Os frequentadores da festa, que reunia cerca de 150 pessoas, hostilizaram os policiais, que queriam encerrar o baile.

De acordo com a PM, havia menores no local e, aparentemente, consumo de drogas. Ninguém foi preso.

De acordo com policiais do 16º Batalhão de PM, onde o policial é lotado, ele foi liberado e passa bem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade