Publicidade

Estado de Minas

CBTU testa bilhetes com código QR na Estação Central

Serviço será testado durante 60 dias e após análise será definido a viabilidade da implantação definitiva do novo sistema


postado em 22/01/2018 14:33 / atualizado em 22/01/2018 17:27

Com o objetivo de facilitar o pagamento das passagens para quem adquire bilhetes unitários, CBTU começa a testar bilhetes com código QR nesta segunda-feira(foto: Jackson Romanelli/EM)
Com o objetivo de facilitar o pagamento das passagens para quem adquire bilhetes unitários, CBTU começa a testar bilhetes com código QR nesta segunda-feira (foto: Jackson Romanelli/EM)

A tecnologia do QR Code (Quick Response - resposta rápida), ou Código QR, chega ao metrô de Belo Horizonte, nesta segunda-feira. O objetivo é facilitar o pagamento das passagens para quem adquire bilhetes unitários. O projeto ainda está em fase de testes e será experimentado exclusivamente na Estação Central.

Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), os testes irão ocorrer diariamente, das 5h15 às 23h, durante 60 dias. Duas bilheterias e dois validadores instalados na Estação Central farão a venda dos bilhetes unitários. O pagamento é realizado somente em dinheiro.

Para usar o sistema, o usuário deverá adquirir o bilhete unitário, que será impresso com o código, na bilheteria da estação. Depois é só aproximar o bilhete do bloqueio adaptado para a leitura deste tipo de cartão para ter o acesso liberado.

A CBTU informou ainda que a "viabilidade da implantação definitiva do novo sistema de bilhetes com QR Code será analisada durante a fase de teste", ressaltou em nota. Após a fase de testes será avaliada a possibilidade de implantar o serviço nas 19 estações.

* Estagiária sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade