Publicidade

Estado de Minas

Grupo é detido após assaltar casa e fazer moradores reféns no Santa Inês

Pessoas foram surpreendidas por homens armados na noite de quarta-feira e algumas foram agredidas


postado em 04/01/2018 09:30 / atualizado em 04/01/2018 17:18

Sete pessoas foram detidas, entre elas dois adolescentes, suspeitos de envolvimento no assalto a uma casa na noite de quarta-feira no Bairro Santa Inês, Região Leste de Belo Horizonte. As vítimas, entre elas crianças e adolescentes, foram trancadas em um quarto e algumas foram agredidas a coronhadas. 

Segundo a Polícia Militar (PM), a família estava nos fundos do imóvel, na Rua Planura, quando um grupo de assaltantes pulou o muro, três deles armados, e anunciaram o assalto. As vítimas contaram que duas mulheres de 43 e 35 anos foram agredidas a coronhadas. A todo momento os criminosos perguntavam por joias e dinheiro, dando tapas e socos nas pessoas. Antes de fugir com diversos pertences, os criminosos trancaram as vítimas em um dos cômodos. Eles saíram da garagem com um carro e bateram em um HB20 estacionado. 

Depois da fuga dos criminosos, as vítimas conseguiram abrir a porta do cômodo  e procuraram uma base móvel da PM no Bairro São Geraldo para denunciar o caso. A polícia começou um rastreamento e encontrou um Ecosport abandonado na Avenida Itaituba, com as portas abertas e uma pistola com dois cartuchos, além de produtos roubados. Dois homens foram detidos logo em seguida na Rua Souza Aguiar e as vítimas reconheceram um deles. Foram recuperados alguns celulares, dois deles escondidos sob o portão de uma casa. Usando rastreamento por satélite, outros dois equipamentos foram recuperados. Segundo a polícia, um dos suspeitos escondeu os aparelhos no Cemitério da Saudade, perto do muro que separa a necrópole de um imóvel. 

Outras quatro pessoas foram detidas na Avenida dos Andradas, em um Fiat Siena, enquanto tentavam fugir. As vítimas também reconheceram um ocupante como um dos autores do assalto. 

Ao todo, foram levados para a delegacia três homens de 23, 24 e 26 anos, duas jovens de 18 e 21, e dois adolescentes de 16 e 17 anos. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Orientação e Proteção à Criança e Adolescente (Dopcad). O Ecosport e o Siena foram recolhidos em um pátio seguro. A Polícia Civil informou que dois suspeitos foram autuados em flagrante e o restante foi liberado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade