Publicidade

Estado de Minas

Morador de Confins, motorista do Uber e passageira são vítimas de sequestro-relâmpago

Primeira vítima, rendida na porta de casa, foi levada para cinco cidades para tentar sacar dinheiro para os bandidos. Como não conseguiram, abordaram veículo de aplicativo


postado em 03/01/2018 12:12 / atualizado em 03/01/2018 12:15

Três pessoas viveram momentos de pânico nas mãos de criminosos na madrugada desta quarta-feira na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os bandidos percorreram pelo menos cinco cidades tentando sacar dinheiro de uma das vítimas. Como não conseguiram, assaltaram um motorista do Uber e sua passageira, de apenas 18 anos, que também foram feitos reféns. 

A primeira vítima, um homem de 32 anos, foi rendida por volta da meia-noite quando chegava em casa no Bairro Tavares, em Confins. Ele estava entrando no imóvel, conduzindo um Palio Weekend, quando quatro homens se aproximaram em um Uno prata e desembarcaram. Três deles estavam armados e anunciaram o assalto. Eles embarcaram no veículo da vítima e começaram a circular com ele para tentar sacar seu dinheiro. O homem disse ter reconhecido locais em São José da Lapa, Vespasiano, São Benedito, a Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, e Lagoa Santa. 

Já na última cidade, após não conseguirem realizar os saques, eles usaram o carro para fechar uma via e pararam um motorista do Uber, de 45 anos, que levava uma passageira. Eles também foram rendidos. Os criminosos, então, se dividiram para tomar a direção do Renault prata do condutor do aplicativo e seguiram para a casa dele, no Bairro Campinho.

De acordo com a PM, chegando ao imóvel, o motorista e o primeiro refém foram amarrados enquanto eles roubavam vários pertences da vítima. Após recolherem tudo, os assaltantes fugiram no Palio Weekend, levando a jovem de 18 anos. Ela foi libertada perto  do Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa, sem ferimentos. 

Ainda segundo a polícia, o carro levado pelos criminosos foi abandonado na MG-424, perto da Cidade do Galo, no Bairro Jardim da Glória, em Vespasiano. O veículo foi removido e o caso foi registrado na Delegacia de Vespasiano. Até o fechamento da ocorrência nenhum suspeito havia sido localizado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade