Publicidade

Estado de Minas

Vigia coloca fogo e mata crianças dentro de creche em Janaúba, no Norte de Minas

Quatro crianças foram mortas depois que vigia colocou fogo em uma creche de Janaúba, no Norte de Minas. Vídeo mostra desespero de moradores


postado em 05/10/2017 10:58 / atualizado em 06/10/2017 07:54

As forças de segurança pública de Minas Gerais estão mobilizadas na manhã desta quinta-feira por conta de uma tragédia em Janaúba, no Norte de Minas. Informações da Polícia Militar dão conta de que um vigia de uma creche municipal da cidade colocou fogo em várias crianças que estavam na unidade. Até a tarde desta quinta-feira, a PM confirmou a morte de quatro crianças. O Corpo de Bombeiros também confirma cinco mortes até o momento.


As duas corporações divulgaram que, além dos cinco mortos, há outros 20 feridos, dois quais nove em estado grave. O autor da tragédia, Damião Soares dos Santos, de 50 anos, ateou fogo ao próprio corpo, após cometer o crime, e morreu no hospital na tarde desta quinta-feira, segundo a PM. As causas do crime ainda não foram esclarecidas. Segundo o tenente-coronel João Aparecido do Nascimento, comandante do 51º Batalhão da PM, a situação gerou uma grande comoção na cidade.

Em virtude da gravidade do caso, foi montado um Sistema de Comando em Operações (SCO) no local, estrutura adotada para controlar os trabalhos de resposta a situações críticas. O coronel que comanda a 11ª Região de Polícia Militar acionou o comando-geral da PM pedindo apoio de aeronaves.

Ver galeria . 17 Fotos Vigia ateou fogo e matou crianças na Cemei Gente Inocente, uma creche de Janaúba, Norte de Minas Gerais. Ocorrência mobiliza forças de segurança e desespera moradoresPolícia Militar/Divulgação
Vigia ateou fogo e matou crianças na Cemei Gente Inocente, uma creche de Janaúba, Norte de Minas Gerais. Ocorrência mobiliza forças de segurança e desespera moradores (foto: Polícia Militar/Divulgação )
"Já existe avião do governo do Estado saindo de BH para Janaúba com retorno previsto para BH até o hospital João XXIII, o qual é referência em tratamento de queimaduras no Estado", diz a nota da PM. O major Anderson Passos, do Corpo de Bombeiros, informou que o João XXIII é o hospital mineiro de referência para atendimento a queimados, mas que o atendimento depende da avaliação individual de cada caso, por isso também há a possibilidade de enviar feridos para Montes Claros.

A Polícia Militar, inclusive, informou o encaminhamento de um dos feridos para Montes Claros às 12h20. A reportagem entrou em contato com a assessoria do Hospital João XXIII, mas ainda não há informações sobre a chegada de feridos em Belo Horizonte.

O crime aconteceu no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, que fica no Bairro Rio Novo. Equipes de atendimento de saúde de cidades como Jaíba, Porteirinha, Mato Verde, Capitão Enéas e Montes Claros foram designadas para o local. Foi feito um chamado para apoio de médicos da região.

O governador Fernando Pimentel (PT) foi até Janaúba. Ele estava cumprindo uma agenda em Aimorés e assim que soube do fato ele solicitou mobilização intensa das forças de segurança e saúde do estado. Ele chegou ao município no início da tarde, segundo a assessoria de imprensa do governo de Minas. O presidente Michel Temer se manifestou pelo Twitter prestando solidariedade às famílias das vítimas. A Prefeitura de Janúba decretou luto de sete dias na cidade por conta da tragédia. 

Creche onde aconteceu a tragédia(foto: Reprodução/Google Street View)
Creche onde aconteceu a tragédia (foto: Reprodução/Google Street View)
   

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade