Publicidade

Estado de Minas

Polícia prende dois rapazes apontados como gerentes do tráfico em Ibirité

Com eles, os policiais encontraram 2,5kg de maconha, três balanças de precisão e alguns plásticos para a dolagem de drogas


postado em 04/09/2017 17:14 / atualizado em 04/09/2017 22:15

Suspeitos foram presos no Bairro Morada da Serra, em Ibirité(foto: Polícia Civil/Reprodução)
Suspeitos foram presos no Bairro Morada da Serra, em Ibirité (foto: Polícia Civil/Reprodução)


Dois rapazes, ambos de 24 anos, apontados pela Polícia Civil como gerentes do tráfico de drogas da gangue Buracão, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foram presos em uma operação da Polícia Civil. Com eles, os policiais encontraram 2,5kg de maconha, três balanças de precisão e plásticos embalagem de drogas.

 

A polícia acredita ter desmantelado a gangue com as prisões. De acordo com o delegado Marcus Vinicius Lobo Leite Vieira, responsável pelas investigações, “esse foi um duro golpe para a quadrilha, que teve a gerência do tráfico enfraquecida com a nossa ação".

A prisão foi na casa de um dos suspeitos, no Bairro Morada da Serra. Segundo a polícia, os rapazes usavam a casa para armazenar armas e drogas. Um Ford Fiesta, roubado de um motorista de aplicativo, também foi encontrado no local e restituído à vítima.

Os policiais chegaram até os suspeitos após uma denúncia anônima. “A guerra entre as organizações criminosas ficou mais intensa após a morte de um dos integrantes dessas quadrilhas, que foi assassinado com diversos tiros na cabeça e ainda foi atropelado pelos seus executores”, declarou o delegado. Os dois suspeitos teriam assumido a gerência da gangue Buracão depois que o comparsa foi morto.

 

* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade