Publicidade

Estado de Minas

Novo aplicativo de transporte de passageiros chega a BH este mês

99POP começa a cadastrar motoristas a partir do dia 4 setembro. A modalidade para passageiros terá inicio em meados deste mês


postado em 01/09/2017 14:47 / atualizado em 01/09/2017 18:04

Um novo aplicativo de transporte de passageiros chegará à capital mineira. A empresa 99 lançará, este mês, o 99POP – modalidade que funciona com carros particulares e que deve acirrar a concorrência entre Uber e Cabify. Inicialmente, o app abrirá o cadastro para 5 mil motoristas. A estreia para passageiros deve ocorrer em meados de setembro.

Entre os benefícios para quem pretende dirigir pelo app, segundo a empresa, estão a taxa de 19,99%. "É a menor do mercado. A concorrência cobra até 25% por corrida", disse a Ana Carla Lopes, gerente regional de relações públicas da 99.

O condutor terá a opção de desabilitar a opção de pagamento em dinheiro, o que aumenta a segurança em corrida. Além disso, o app terá sistemas que alertam o motorista sobre regiões com maior número de ocorrências como roubos e furtos.

Para o passageiro, a empresa promete que o valor da corrida deve ser até 30% mais barata que o valor convecional pagos para táxi. "É importante que o passageiro possa fazer essa escolha entre táxi ou carros particulares", pontua. 


O serviço abrange os municípios de Betim, Confins, Contagem, Ibirité, Lagoa Santa, Nova Lima, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, São José da Lapa e Vespasiano.

(foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)

CADASTRO

Para realizar o cadastro, é necessário que o motorista inclua em sua CNH o EAR (Exerce Atividade Remunerada) e tenha um carro com data de fabricação a partir de 2010. O aplicativo “99POP – o Motorista” estará disponível a partir do dia 4 de setembro.

Os motoristas também podem ir ao Centro de Atendimento e Treinamento (CAT) localizado na Avenida João Pinheiro, 146, salas 1106 -1107. "Ofereceremos cursos de preparação, com orientações sobre como aumentar os ganhos, dicas de segurança e de como tratar os passageiros, além de tratar sobre assédio", pontuou a gerente. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade