Publicidade

Estado de Minas

Estiagem se estende em setembro e BH completa 80 dias sem chuva

Massa de ar frio baixa temperaturas e eleva a umidade relativa do ar em BH nesta sexta-feira e durante o fim de semana


postado em 01/09/2017 09:21 / atualizado em 01/09/2017 11:36

(foto: Jair Amaral: PucMinas/TempoClima )
(foto: Jair Amaral: PucMinas/TempoClima )

A estiagem que já alcança 80 dias em Belo Horizonte deve continuar durante a primeira quinzena de setembro. Porém, como já de costume, o mês que marca a transição do inverno para a primavera deve ter registro de pancadas de chuva, de acordo com o instituto de climatologia PucMinas/TempoClima. 

“Ainda é cedo para falar sobre um período de precipitações em setembro, mas normalmente ocorrem pancadas de chuva e não deve ser diferente este ano. O que podemos afirmar inicialmente é que nos próximos dez dias não há indícios de chuva em BH e nas demais áreas do estado”, destacou o meteorologista do instituto, Claudemir Félix. 

Nesta sexta-feira, o avanço de uma massa de ar frio pelo oceano resulta em um aumento da nebulosidade, queda na temperatura e elevação da umidade do ar em Belo Horizonte e região metropolitana. 

Os termômetros devem variar entre 13 e 28 graus e a umidade relativa do ar deve ficar em torno de 30% à tarde. A massa de ar frio, no entanto, não provocará chuva na Grande BH.

No interior de Minas Gerais, municípios das Regiões Leste, Sul e Zona da Mata terão céu nublado e temperaturas amenas nesta sexta-feira. A maior temperatura do estado nesta sexta-feira deverá ser registrada na cidade Arinos, na Região Noroeste, com 34 graus. 

Fim de semana


Durante o fim de semana, as temperaturas caem. Variam entre 11 e 25  graus na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Não há previsão de chuva e o frio deve ser mais intenso durante as manhãs e no período da noite. 

No interior do estado, também não chove e os termômetros devem ficar entre 4 e 34 graus, com céu ensolarado e calor intenso nas Regiões Norte, Noroeste e do Triângulo Mineiro.
 
*Sob supervisão do editor Benny Cohen

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade