Publicidade

Estado de Minas

Sobe para nove o número de mortes em acidente com van da Apae na BR-040

Depois de 11 dias internada, Júnia Ângela Lima, de 51 anos, que fazia parte da Federação das Apaes de Minas Gerais (Feapaes-MG), não resistiu e morreu


postado em 11/08/2017 16:14

Acidente envolveu van, bicicleta e carro em Barbacena(foto: REprodução/WhatsApp)
Acidente envolveu van, bicicleta e carro em Barbacena (foto: REprodução/WhatsApp)

O número de mortos no grave acidente na BR-040, em Barbacena, na Região Central de Minas Gerais, que envolveu a van da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), um bicicleta e um carro, subiu para nove. Depois de 11 dias internada no Hospital Regional da cidade, Júnia Ângela Lima, de 51 anos, que fazia parte da Federação das Apaes de Minas Gerais (Feapaes-MG), não resistiu e morreu. A informação foi confirmada pela Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) nesta sexta-feira.

Por meio de nota, a Feapaes decretou luto de três dias por causa do falecimento de Júnia. Segundo a Federação, ela morreu na quarta-feira durante uma cirurgia. “Estamos todos consternados, mas sabemos que para tudo nesta vida há um propósito. Pedimos mais uma vez a compreensão e preces de todos do Movimento Apaeano pela família de Júnia, por nós da Feapaes-MG e, claro, por ela, que neste momento vai de encontro à vida eterna. Júnia nos deixa como legado as boas lembranças estando em sua companhia. A sua doçura, ética e comprometimento com as Apaes de Minas Gerais, e como mãe e esposa dedicada que foi”, afirmou a Feapaes.

O grave acidente aconteceu em 30 de julho. A batida ocorreu no km 696. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o Ford Fiesta com placas de Esmeraldas tentou desviar da bicicleta que seguia na via quando o motorista perdeu o controle da direção do veículo e atingiu a van da Apae que trafegava no sentido oposto. Morreram no local, antes da chegada de socorro, o ciclista, três ocupantes do carro e quatro da van. Um bebê foi resgatado com vida, mas morreu a caminho do hospital. Cinco pessoas que estavam na van da Apae foram encaminhadas em estado grave ao hospital de Barbacena.

Entre as pessoas que perderam a vida está a mulher do deputado federal mineiro Eduardo Barbosa (PSDB), Darci Fioravante Barbosa. Além dela, morreram Cleusa Borges, de 69 anos, natural de Pedro Leopoldo, Kamila de Oliveira, de 28, natural de Belo Horizonte, e Luiza Silva, de 32, natural de Belo Horizonte. No Fiesta, faleceram Luiz Ribeiro, Tamires Ribeiro e um bebê do sexo masculino de 8 meses. Já o ciclista foi identificado como Alessandro da Silva, de 16, natural de Barbacena.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade