Publicidade

Estado de Minas

Investigado por transmitir HIV para três mulheres é preso em Pirapora

Suspeito confirmou que sabia que tinha a doença e tinha relações sexuais sem proteção na cidade do Norte de Minas


postado em 29/07/2017 19:07

Homem tem 35 anos e já tinha sido preso por tráfico de drogas(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Homem tem 35 anos e já tinha sido preso por tráfico de drogas (foto: Polícia Civil/Divulgação)
A Polícia Civil de Pirapora, no Norte de Minas, prendeu um homem de 35 anos por transmitir o vírus HIV para uma mulher com quem teve relação sexual na cidade. Há a suspeita de que ele também tenha transmitido a Aids para outras duas mulheres, mas ainda não há a confirmação oficial por meio de exames e por isso o inquérito continua.

Segundo o delegado Jeferson Leal, as investigações começaram por conta de boatos que surgiram na cidade de que um homem estaria tendo relações sem preservativo e contaminando mulheres em Pirapora. Os boatos se confirmaram e o autor do crime confessou que transava sem proteção, mesmo sabendo ser soropositivo desde 2006.

“A Justiça expediu o mandado de prisão preventiva depois que conseguimos a comprovação por exames de que uma das mulheres realmente estava infectada”, afirma o delegado.

Ainda de acordo com o policial, o homem tem cinco filhos com essas três companheiras e um deles também teria nascido com a doença. As outras duas mulheres ainda serão ouvidas durante as investigações.

O investigado já tem passagem na polícia por tráfico de drogas e chegou a ficar um tempo preso pelo crime. Ele foi encaminhado para o presídio da cidade e pode pegar de um a quatro anos de reclusão por cada transmissão, com base no artigo 131 do Código Penal, que trata como crime transmitir moléstia grave de que está contaminado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade