Publicidade

Estado de Minas

Faltam medicamentos em Janaúba, no Norte de Minas

A expectativa é de que os produtos garantam um estoque de até 60 dias. A prefeitura afirma que houve atraso na entrega dos medicamentos referentes ao primeiro ciclo de 2017


postado em 21/04/2017 11:04 / atualizado em 21/04/2017 12:12

(foto: Reprodução internet/Facebook)
(foto: Reprodução internet/Facebook)
A população de Janaúba, no Norte de Minas, enfrenta dificuldades para encontrar medicamentos. A prefeitura da cidade reconhece o problema e informou nesta sexta-feira, por meio de nota, que foram tomadas medidas emergenciais para adquirir os produtos. Segundo a prefeitura, os remédios são distribuídos pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) e houve atraso.

“Os novos pedidos de medicamentos para atenção básica serão feitos de modo emergencial e com urgência na entrega. De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Cecília Moreira Freitas, a compra será feita a curto prazo, por meio de recurso federal do  Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ)”, diz a nota.

A expectativa é de que os produtos garantam um estoque de até 60 dias. A prefeitura afirma que houve atraso na entrega dos medicamentos referentes ao primeiro ciclo de 2017 “ocasionado pelo não pagamento aos fornecedores por parte do governo do estado. Em comunicado enviado à Secretaria de Estado de Saúde por uma das empresas fornecedoras dos medicamentos, todas as entregas previstas para o primeiro ciclo foram suspensas por um determinado período de tempo”.

A prefeitura de Janaúba encerra a nota dizendo  que  “a Secretaria Municipal de Saúde reconhece e entende a revolta da população e espera que a demanda do estado com os fornecedores seja sanada o mais rápido possível”.

Alguns moradores da cidade ouvidos pelo em.com.br nesta sexta-feira confirmaram a situação. Outras pessoas se manifestaram na página da prefeitura no Facebook. “Isso é pra quando mesmo? Já ser passaram 4 meses e nada, nem dipirona tem nas farmácias, vergonha descaso com a população”, questionou uma usuária da rede social. 

Também por meio de nota, a Secretaria de Estado de Saúde informou que Janaúba não aeriu ao sistema de Regionalizaçõa da Assistência Farmacêutica, estabelecido pelo Programa Farmácia para Todos, que apresenta um novo modelo de aquisição e distribuição de medicamentos. “Com esse sistema a aquisição de medicamentos e insumos é realizada de forma centralizada facilitando os processos de compras dos mesmos. Os municípios que não aderiram ao sistema de distribuição, estão abastecidos com cerca de 60% dos seus insumos e medicamentos”.

Ainda de acordo com SES, “ainda que na primeira semana de maio de 2017 será aberto um novo pedido de medicamentos básicos para que o abastecimento dos municípios seja regularizado”, diz a Secretaria.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade