Publicidade

Estado de Minas

Manifestantes contra a PEC 241 fecham o trânsito no Centro de BH

De acordo com estimativa da Polícia Militar, cerca de 3 mil pessoas deixaram a Praça Afonso Arinos e seguiram em caminhada até à Praça da Estação, passando pela Praça Sete


postado em 17/10/2016 22:08 / atualizado em 17/10/2016 22:33

Manifestantes fecham a Avenida dos Andradas, na Praça da Estação(foto: Marcos Vieira)
Manifestantes fecham a Avenida dos Andradas, na Praça da Estação (foto: Marcos Vieira)

Manifestantes em protesto à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, que limita os gastos públicos, percorreram ruas e avenidas de Belo Horizonte na noite desta segunda-feira. De acordo com estimativa da Polícia Militar, cerca de 3 mil pessoas deixaram a Praça Afonso Arinos e seguiram em caminhada até à Praça da Estação, passando pela Praça Sete, e o trânsito ficou complicado em alguns pontos.

Na Praça Sete e na Praça da Estação, manifestantes fecharam a pista impedindo a passagem de veículos. O protesto se repetiu em várias capitais brasileiras, como São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Vitória. A PEC Teto, como é conhecida, estabelece um teto de gastos para despesas da União, como na saúde e na educação.

Para o geógrafo Itamar Lucas Magalhães, que participou do protesto, trata-se da “PEC do fim do mundo”. “Ela prevê cortes na saúde, na previdência e poupa um monte de privilégios que os políticos têm, como previdência especial. Eles contribuem por um tempo muito menor do que o trabalhador normal”, disse Itamar.

Segundo ele, há outras formas mais eficazes de não punir a classe trabalhadorae que teriam muito mais arrecadação para os cofres públicos, como taxar transferência de herança e grandes fortunas, como é feito nas democracias mais avançadas do mundo, disse. “Aqui, não! A classe trabalhadora é a que mais paga imposto e é a que mais sofre com essa PEC”, reagiu o geógrafo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade