Publicidade

Estado de Minas

Máquina roubada por golpistas é encontrada em Mariana

Outras três máquinas, modelos escavadeiras hidráulicas de grande porte, também foram levadas no roubo. Polícia Civil continua investigações


postado em 22/01/2016 17:45 / atualizado em 22/01/2016 18:22

Retroescavadeira, modelo JCB 3C, foi encontrada em Mariana(foto: Guarda Municipal de Mariana/Divulgação)
Retroescavadeira, modelo JCB 3C, foi encontrada em Mariana (foto: Guarda Municipal de Mariana/Divulgação)

Uma das máquinas roubadas dos trabalhos para abertura de vias nos distritos atingidos pelo rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana, na Região Central de Minas, foi encontrada. A confirmação foi feita nesta sexta-feira pela empresa que alugou os equipamentos, Lafaete – Locações de Máquinas e Equipamentos para Obras, ao secretário de Defesa Social de Mariana, Braz Azevedo, que havia avisado sobre a recuperação da máquina, no último dia 15.

A máquina foi encontrada no Bairro Vila Maquiné, a dois quilômetros do Centro Histórico de Mariana. O local fica cerca de 30 quilômetros distante do ponto onde era utilizada na recuperação das vias do subdistrito de Paracatu de Baixo. Segundo a Prefeitura de Mariana, as autoridades que apuram o crime também foram alertadas.

De acordo com o delegado Rodrigo Bustamante, as investigações estão em fases finais de confirmações e oitivas. "Hoje foi um dia muito produtivo e estamos num caminho muito bom. Fizemos diligências em outras cidades e outros estados e conseguimos identificar firmas e caminhões que fizeram o transporte das máquinas", disse. Até este sábado, ainda segundo o delegado, a Polícia Civil deverá ter avançado significativamente no caso.

Entenda o caso


Nos primeiros dias de 2016, a Prefeitura de Mariana foi procurada por dois homens, que se identificaram como Lucas Cunha e Anderson Vieira e disseram ser funcionários da Construtora e Transportadora HCS, com sede no Rio. Os golpistas firmaram um contrato com a administração municipal afirmarando que a companhia queria ajudar na abertura e cascalhamento de estradas destruídas com o rompimento da Barragem do Fundão.

Após fechar o contrato com o município, os dois homens alugaram os equipamentos na Lafaete, em Belo Horizonte. Dos 11 equipamentos alugados, 10 já haviam sido levados para Mariana. A dupla conseguiu roubar quatro máquinas - três escavadeiras hidráulicas e uma retroescavadeira, e danificou outras seis. A empresa de locação afirmou que o prejuízo com o roubo do maquinário é estimado em R$ 2 milhões.

Além do golpe com equipamentos usados na construção pesada, a quadrilha lesou hotel, lavanderia, locadora de veículos, trabalhadores contratados e deixou um rastro de prejuízo por onde passou.


Publicidade