Publicidade

Estado de Minas

Terceira vítima da tragédia em Mariana é sepultada em Rio Acima

Valdemir Aparecido Leandro tinha 48 anos e seu corpo foi localizado em Rio Doce, a mais de 100 quilômetros do local onde as barragens da Samarco se romperam


postado em 10/11/2015 10:49 / atualizado em 10/11/2015 11:43

Comoção marcou o enterro de mais uma das vítimas do rompimento das barragens da mineradora Samarco em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, na Região Central de Minas. Foi sepultado na manhã desta terça-feira no cemitério de Rio Acima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o corpo de Valdemir Aparecido Leandro, de 48 anos, a segunda vítima identificada. 

Valdemir trabalhava na empresa Geocontrole, terceirizada da Samarco, e seu corpo foi um dos primeiros a ser localizado, nas águas do Rio Doce, no município de mesmo nome, a mais de 100 quilômetros de Mariana. O trabalhador deixou mulher e três filhos. 

O enterro foi realizado por volta das 10h, com a presença de dezenas de familiares e amigos, que se amparavam diante da perda, em frente à capela do cemitério municipal de Rio Acima, cidade com cerca de 9,9 mil habitantes. Muito emocionados, os parentes de Valdemir pediram privacidade e não quiseram falar com a imprensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade