Publicidade

Estado de Minas

Corpo de Fernando Brant é enterrado no Cemitério do Bonfim

Amigos e parentes se despediram com aplausos e músicas feitas por Brant


postado em 13/06/2015 17:05 / atualizado em 13/06/2015 21:30

Ver galeria . 10 Fotos Sepultamento acontece no Cemitério do BonfimJair Amaral/EM DA Press
Sepultamento acontece no Cemitério do Bonfim (foto: Jair Amaral/EM DA Press )

Foi enterrado, na tarde deste sábado, o corpo do compositor mineiro Fernando Brant, 68 anos, que morreu na sexta-feira. No Cemitério do Bonfim, na Região Noroeste de Belo Horizonte, amigos e parentes se despediram com aplausos e músicas escritas por Brant.

A cerimônia de sepultamento foi simples, discreta, serena e nas palavras de Milton Nascimento “do jeito que o Fernando gostaria”. O cantor esteve o tempo todo ao lado do caixão e entoou junto com os presentes a Canção da América, Travessia e Menestrel de Alagoas. O enterro ocorreu às 16h45 e pouco depois, todos começaram a deixar o cemitério.

“Eu não sei falar mais porque para mim é uma tristeza. Eu estava numa felicidade e ontem antes de saber das coisas. Pensei que era alguém querendo passar um trote, não era, infelizmente. Sair do Rio 5h da manhã e vim para cá para saudar um dos melhores amigos que a gente pode ter na vida”, disse Milton Nascimento na saída. Toninho Horta, do Clube da Esquina, também esteve no cemitério.



No velório, que aconteceu no Palácio das Artes, compareceram os irmãos Moacyr, Paulo, Roberto e Lucy. Também prestaram homenagens o ex-ministro e candidato ao governo do Estado, Pimenta da Veiga, senador Aécio Neves, governador Fernando Pimentel, cantor Lô Borges, prefeito Marcio Lacerda, cantor Milton Nascimento, entre outros amigos de Brant.

Brant morreu na noite de sexta-feira, aos 68 anos, de complicações decorrentes de uma cirurgia de transplante de fígado. Submetido a uma primeira operação na terça-feira, o músico teve rejeição ao órgão e passou por um segundo transplante, na madrugada de ontem, no Hospital das Clínicas. A família confirmou a morte por volta das 21h40. Casado com Leise Brant, o compositor deixa as filhas Izabel e Ana Luiza, o filho do coração, Diógenes, e dois netos.

Ver galeria . 33 Fotos Fernando Brant morre aos 68 anos, em Belo Horizonte, de complicações decorrentes de uma cirurgia de transplante de fígadoEuler Júnior/EM/D.A Press
Fernando Brant morre aos 68 anos, em Belo Horizonte, de complicações decorrentes de uma cirurgia de transplante de fígado (foto: Euler Júnior/EM/D.A Press )


Assista: amigos prestam homenagem a Fernando Brant


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade