Publicidade

Estado de Minas

Estudante da UFMG integra equipe de projeto de satélite da Nasa

Mateus Oliveira, de 22 anos, está na equipe do Laboratório de Sistemas Espaciais desde junho do ano passado


postado em 12/03/2015 20:13 / atualizado em 12/03/2015 20:22

(foto: Divulgação/UFMG)
(foto: Divulgação/UFMG)

Minas Gerais tem um representante na Nasa. O estudante de Engenharia Aeroespacial da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Mateus Oliveira, de 22 anos, integra a equipe do Laboratório de Sistemas Espaciais, responsável pelo projeto Rascal, patrocinado pela agência norte-americana. Jovem retorna para o Brasil em 2016, ano em que o acontecerá o lançamento.

A ida de Mateus para a Universidade de Saint Louis, em Missouri, aconteceu por meio do programa Ciência sem Fronteiras, em junho do ano passado. Desde então, ele se incorporou ao grupo que desenvolve o projeto Rascal, que é composto de duas pequenas naves espaciais. O objetivo é aprimorar tecnologias de operações de proximidade e percepção no espaço.

“Após o lançamento, uma nave vai sincronizar com a outra e, dessa forma, obteremos parâmetros de distância e velocidade que, posteriormente, serão processados e deverão contribuir para aprimorar manobras no espaço”, explica o estudante. O objetivo é facilitar futuras missões espaciais e contribuir para a manutenção da Estação Espacial Internacional.

Natural de Pará de Minas, cidade da Região Centro-Oeste de Minas Gerais, o estudante veio para a capital mineira em 2009 para estudar em um cursinho pré-vestibular. Um ano depois, conseguiu passar na UFMG e outras três universidades. Lá, se integrou por dois anos o time de Aerodesign da Universidade.


Publicidade