Publicidade

Estado de Minas

Audiência de instrução do caso do Maníaco do Anchieta é adiada pela segunda vez

Mais uma vez, o motivo foi a a ausência de um laudo de sanidade mental pedido de defesa do réu


postado em 23/01/2013 07:48

Foi adiada pela segunda vez a audiência de instrução sobre caso de estupro a que responde o ex-bancário Pedro Meyer, que ficou conhecido com o Maníaco do Anchieta.

A sessão, que estava marcada para acontecer às 15h de terça-feira no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, foi cancelada novamente pelo mesmo motivo do primeiro adiamento: a ausência de um laudo de sanidade mental pedido de defesa do réu. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o ex-bancário compareceu ao fórum, onde seriam ouvidas seis testemunhas de acusação e cinco de defesa. Nova data não foi definida.

Meyer é apontado como o autor de 16 estupros ocorridos na década de 1990, em várias regiões de Belo Horizonte. No entanto, 10 casos foram considerados prescritos. Atualmente dois estão em fase de instrução e o restante em fase de inquérito.


Publicidade