Publicidade

Estado de Minas

Vizinho confessa ter matado empregada doméstica em Governador Valadares

O corpo de Adriana Soares, de 29 anos, foi encontrado enterrado em um lote vago


postado em 21/05/2011 18:38 / atualizado em 21/05/2011 18:42

A doméstica estava grávida de três meses(foto: Polícia Civil/Divulgação)
A doméstica estava grávida de três meses (foto: Polícia Civil/Divulgação)
A polícia encontrou o corpo da empregada doméstica, Adriana Soares, de 29 anos, que estava desaparecida há mais de uma semana em Governador Valadares, na Região do Vale do Rio Doce. O vizinho da vítima foi preso e assumiu a autoria do crime. De acordo com a polícia, Adriana estava grávida de três meses e o pai da criança seria o assassino. O corpo foi encontrado em enterrado em cova rasa em um bairro nobre da cidade.

De acordo com a polícia, Adriana acabou engravidando do vizinho em um relacionamento extraconjugal. O suspeito, identificado como Emerson, também era casado. O marido da vítima ficou sabendo da gravidez por vizinhos. Ele largou a mulher e foi morar no Espírito Santo. A polícia não quis dar detalhes do caso.

A polícia têm em mãos imagens do circuito interno de uma casa lotérica, que mostra a empregada doméstica pouco antes de desaparecer. Ela chega sozinha no local e saca dinheiro. Após o saque, segundo a polícia, Adriana seguiu para sua casa, onde não ficou muito tempo. Uma pessoa apareceu em uma moto e ela subiu na garupa no veículo. Essa foi a última vez que ela foi vista.

O corpo de Adriana foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Governador Valadares.


Publicidade