Publicidade

Estado de Minas moda

Salada de frutas

Nova coleção da mineira Lore, de nome Brasilidade, explora elementos tropicais como forma de chamar a atenção e valorizar as riquezas do nosso país. Marca anuncia expansão


18/10/2020 04:00 - atualizado 17/10/2020 19:47

(foto: Álvaro Fráguas/Divulgação)
(foto: Álvaro Fráguas/Divulgação)


Cores exuberantes, estampas com frutas e flores, saias esvoaçantes, mangas volumosas. O verão da Lore não poderia ser mais brasileiro. A marca explorou elementos tropicais para criar uma coleção fresca, leve e co- lorida. O lançamento chega em um momento de expansão da empresa, que inaugurou nova identidade visual, e-commerce e fábrica maior.
 
Fundadora da marca, a estilista Lorena Lage pensou no tema da coleção antes da pandemia, mas acredita que ele está mais atual do que nunca: o momento é de voltar as atenções para o nosso país e valorizar o que temos de bom. “Quando se fala em Brasil, sempre penso em sol, praia, calor e muita fruta. As frutas são o ponto de partida da estamparia”, conta.
 
(foto: Álvaro Fráguas/Divulgação)
(foto: Álvaro Fráguas/Divulgação)
 
 
As laranjas levam um ar tropical para a base de listras navy em branco e azul, enquanto o caju ganha versões coloridas. Outra estampa interessante é uma mistura de listras inspiradas na casca da melancia com os poás que fazem referência às sementes.
 
Cores não faltam na coleção Brasilidade. Na verdade, são a essência da marca. “As cores fazem parte do DNA da Lore, trazem alegria para a nossa vida e têm o poder de influenciar o nosso humor. Mesmo no inverno, não consigo usar tons escuros.” Nesta temporada, podemos sentir a energia do azul, verde, amarelo e rosa em tons chamativos, sozinhos ou misturados. Em destaque, uma combinação ousada de cores que tem conquistado as clientes: azul piscina, rosa-claro e verde-bandeira.
 
(foto: Álvaro Fráguas/Divulgação)
(foto: Álvaro Fráguas/Divulgação)
 
 
Dias de calor pedem roupas frescas e confortáveis, por isso Lorena trabalhou bastante com tecidos naturais, que, como ela observa, entraram de vez no radar fashion. O linho é uma das suas bases preferidas. “Tento  sempre trazer os tecidos de formas que não são muito vistos. No caso do linho, consegui dar uma cara mais alegre, com muitas cores, trazendo frescor para a coleção.” Fugindo do óbvio, ela misturou dois tons de azul (marinho e turquesa) e recorreu também ao linho texturizado.
As mangas volumosas são um dos destaques da coleção, desde as mais estruturadas até as leves e fluidas. “Ao contrário do que imaginei no início, elas vieram para ficar. As mulheres amam uma manga mais ampla, pois valoriza o colo e ajuda a tampar o braço, se for o caso.” Blusas também aparecem com laços e amarrações, que levam charme aos detalhes no decote ou na barra. Para combinar, saias longas em camadas bem esvoaçantes, perfeitas para o verão.
 
A alfaiataria, um dos pontos fortes da marca, chega alegre, colorida e descontraída. Como exemplo, peças em vichy, o xadrez de verão. Calças ajustadas ao corpo e com comprimento no meio da canela prometem ser curingas no guarda-roupa das mulheres. Já as camisas, nada básicas, exibem aplicação de pompom, mangas exageradas e amarrações.
 
Os conjuntos (blusa com calça, short ou saia da mesma cor ou estampa) continuam a agradar às clientes por ser uma roupa fácil e prática de vestir. Além da praticidade, Lorena pensa na versatilidade, já que as peças, separadamente, podem combinar com outros itens da coleção. “Montamos a cartela de cores de forma que todas as peças possam ser coordenadas entre si. Se tiver uma calça rosa, você pode usá-la com uma blusa verde da coleção que vai se encaixar”, aponta.

INTUIÇÃO A moda da Lore é descomplicada, pensada para deixar a mulher bem-vestida a qualquer hora do dia, da mais básica à fashionista. É assim desde o início, há 11 anos. Lorena havia acabado de se formar em moda quando colocou em prática o sonho de ter uma marca feminina. “Foi tudo muito intuitivo. Comecei fazendo roupas que gostaria de usar e até hoje isso faz parte do DNA da marca. O trabalho envolve pesquisa e estudo, mas, no fim das contas, o feeling fala mais alto no quesito criação.”
 
O momento agora é de expansão. A marca lançou nova identidade visual, assinada pelo designer Gustavo Greco (a logo antiga havia sido escrita pela própria fundadora), e a revista Lore Mag, que duas vezes por ano vai apresentar aos clientes a coleção e outros assuntos de lifestyle, como gastronomia e bem-estar. “Quando comecei a trabalhar com moda, pesquisava muito em revistas e com elas fazia o meu mural de inspiração. Esse hábito se perdeu, mas, neste momento de pandemia, quis fazer diferente, chegar na casa do nosso cliente por outro canal que não fosse digital.”
 
Lorena também comemora a abertura da nova fábrica, também no bairro Prado, com 1.200 metros quadrados, onde funcionam os setores de criação, modelagem e acabamento. Apenas a parte de costura é terceirizada. Outra novidade é a loja virtual. Até então focada em atacado, com a intenção de se espalhar pelo país, a marca passa a ter um canal de vendas para o varejo. “Vejo muito o e-commerce como fortalecimento de marca. Grandes empresas são bem posicionadas no varejo, o que dá ainda mais credibilidade para atuar no atacado”, analisa.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade