Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Lá & Cá


postado em 31/03/2019 05:09

Internacional

A marca carioca Farm, que agrada em cheio às jovens, começa a exportar suas peças, com um detalhe, criou uma coleção internacional, exclusiva para o exterior. A diretora criativa Katia Barros  explica que esta diferenciação foi para atender às especificidades do mercado americano, sem contudo abrir mão do que a label tem de mais original: a estamparia. A marca fez uma releitura dos favoritos de seus 21 anos, entre coloração e shapes, e trouxe inovação com peças mais moderninhas e contemporâneas.

Ouro Branco


Inspirada nas salinas da região de Costa Branca, no Rio Grande do Norte, e no artista potiguar Newton Navarro, a Bléque criou sua coleção outono-inverno 2019. Intitulada Ouro Branco, a marca de acessórios com alma consciente utiliza matérias-primas sustentáveis. Para a estação, a grife mostra o poder de transformação do sal até seu estágio final, com formas e grafismos que representam a busca do orgânico como meio de expressão. Os tons terrosos dominam a cartela de cores, que também contempla o off white e o doeskin. O couro de pirarucu e tilápia, e a gaze de seda são as principais matérias-primas da coleção.

Para eles

A Bossa Nova, um dos movimentos mais influentes da história da música popular brasileira, e a moda dos anos 60 foram a inspiração da Foxton na nova coleção, que também passeia pela obra de Burle Marx. Os estilistas Rodrigo Ribeiro e Marcella Mendes desenvolveram a coleção Nossa Bossa, que traz os clássicos da moda masculina aliados a tendências de mix de estampas, listras e looks monocromáticos para acompanhar o homem contemporâneo.

Alquimia

O princípio de renovação da alquimia inspirou os designers da Manoel Bernardes na criação das joias da coleção outono-inverno 2019. A proposta é criar joias que ultrapassam um sentido meramente decorativo, trazendo a ressignificação deste conceito ancestral. Os alquimistas defendiam que todos os metais poderiam passar por um processo de transformação até chegar a ouro. O que procuravam, de fato, era a evolução humana, uma metáfora para a transformação espiritual. A coleção é composta pelas linhas Transmutação, Longa Vida e Pedra Filosofal, que reúnem um misto de joias clássicas e atemporais, dentro da filosofia da joalheria.




Publicidade