Publicidade

Estado de Minas

Familiares e amigos celebram missa de sétimo dia de Oscar Niemeyer


postado em 12/12/2012 07:46

(foto: Ale Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo)
(foto: Ale Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Cerca de 100 pessoas compareceram à missa de sétimo dia do arquiteto Oscar Niemeyer, celebrada às 18h30 de ontem na Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro. O arquiteto morreu do dia 5, aos 104 anos, em decorrência de infecção respiratória. A cerimônia foi celebrada por padre Jorjão, amigo da família. Emocionada, a viúva Vera Lúcia disse que os primeiros dias depois da morte do marido têm sido difíceis. "Penso muito nele, vejo as fotos, é muito doloroso. Sei que uma hora vai melhorar." Além da viúva, estiveram na igreja netos, bisnetos, sobrinhos e amigos de Niemeyer, como o arquiteto Paulo Casé. "Aprendi muita coisa com ele. Oscar não tinha inimigos e envolvia os amigos num manto de condescendência", afirmou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade