Publicidade

Estado de Minas COBRA EM CASA

Cobra exige documentação especial, mas não demanda muitos cuidados

Animal vem com microchip e nota fiscal. Preço pode variar de R$ 2 mil a R$ 5 mil


postado em 09/05/2015 06:07 / atualizado em 09/05/2015 07:38

Jiboia arco-íris da caatinga é liberada para criação(foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)
Jiboia arco-íris da caatinga é liberada para criação (foto: Edésio Ferreira/EM/D.A Press)

Um animal de estimação que não suje a casa, não precise de carinho o tempo todo, seja alimentado apenas duas vezes por mês e não faça barulho é o sonho de todas as pessoas que amam pets, mas não têm tempo de dar atenção a eles e prezam por uma casa organizada. Mas e se esse bichinho for uma cobra? Esse foi o conflito que o geógrafo Iran Alencar Carvalho Filho passou, ao levar, em 2011, uma jiboia arco-íris para casa, onde mora com sua mãe e a avó. Depois de quase quatro anos, elas se acostumaram com o pet.

Para ter uma cobra, é necessário documentação. O animal vem com microchip e nota fiscal. Segundo o biólogo Tiago Lima, sócio-diretor da Jiboias do Brasil, a lei brasileira permite que apenas duas espécies sejam liberadas para o comércio: a jiboia arco-íris e a jiboia comum. O preço pode variar de R$ 2 mil a R$ 5 mil. Porém, ele garante que o valor investido compensa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade