Publicidade

Estado de Minas

Programa disponibiliza mais de 140 mil bolsas de estudos em MG

Descontos nas mensalidades das faculdades podem chegar a 70%


postado em 26/01/2018 14:34 / atualizado em 27/01/2018 14:11

(foto: Quero Bolsa/Divulgação )
(foto: Quero Bolsa/Divulgação )

Neste mês de janeiro até fevereiro, estudantes se deparam com a difícil decisão de qual faculdade vão cursar. Pesam na escolha, vários fatores, sendo que o preço, estrutura e localização são fundamentais. Para ajudar nesta reta final, o Quero Bolsa, site de inclusão de jovens no ensino superior, disponibiliza mais de 142 mil bolsas de estudos de até 70% de desconto, em 70 instituições presentes em Minas Gerais.

Somente na Região Metropolitana de Belo Horizonte, são 22 mil vagas em 49 universidades. As bolsas são para cursos de graduação e pós-graduação, nas modalidades presencial e a distância (EaD), em faculdades como IBS-Fundação Getúlio Vargas, Facemg, Faculdade Milton Campos, Ibhes, Faculdades Unica, Instituto Metodista Izabela Hendrix, Uni-BH, Fead, FDCon, Nova Faculdade, entre outras.

Para obter o benefício, basta ao candidato procurar o curso de interesse, efetuar a inscrição no site e, em seguida, pagar a pré-matrícula para garantir a bolsa de estudo. Tudo isso sem qualquer burocracia ou necessidade de comprovação de renda. “Após concluir o processo na plataforma, deve comparecer à instituição de ensino escolhida para prosseguir com os trâmites da matrícula”, explica Marcelo Lima, diretor de relações institucionais do Quero Bolsa.

O executivo ressalta que a opção é diferente dos moldes do financiamento estudantil, uma vez que o aluno assegura um percentual de desconto no valor da mensalidade até o final do curso e, após sua conclusão, não precisa pagar qualquer taxa extra para o Quero Bolsa ou a faculdade. “O benefício é real e está disponível para todos”, finaliza.

Informações pelo site www.querobolsa.com.br ou por meio da central de atendimento, no telefone 0800-1232222, de segunda a sexta-feira, entre 8h e 22h, e aos sábados, das 9h às 13h (horário de Brasília).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade